16 jun 2005 - 1h21

Santos fez duas substituições com 23 minutos

Com apenas 23 minutos de jogo, o Santos já havia feito duas modificações na partida desta quarta-feira contra o Atlético, pelas quartas-de-final da Libertadores da América. Com o gol de Aloísio logo aos 16 minutos da primeira etapa, o técnico santista Gallo resolveu arriscar e partir para cima.

Quatro minutos depois, sacou o volante Tcheco e colocou o atacante Fabiano em seu lugar. Desesperado, o capitão Ricardinho tentou impedir a substituição, pois sabia que o volante Zé Elias estava machucado e não teria condições de permanecer. As câmeras da televisão flagraram o desespero do meia santista quando a substituição foi efetivada. Três minutos depois, Zé Elias deixou o campo para a entrada de Douglas.

Com isso, o Santos passou a jogar com quatro atacantes e apenas dois meias. Douglas ficou improvisado na lateral-direita, mas mesmo assim o time ficou bastante ofensivo. Logo aos 10 minutos do segundo tempo, Gallo gastou a terceira substituição com a entrada de William no lugar de Fabiano, que jogou somente 35 minutos.



Últimas Notícias