21 jun 2005 - 11h18

Palencia acha que jogo de quinta terá muitas faltas

O atacante Francisco Palencia, uma das principais estrelas da equipe do Chivas Guadalajara que enfrentará o Atlético na próxima quinta-feira, está prevendo que a partida será extremamente disputada. Às 21h30 da próxima quinta, dia 23 de junho, Furacão e Chivas entrarão no gramado da Kyocera Arena para iniciar a disputa pela vaga na final da Libertadores da América.

Nas quartas-de-final, os mexicanos tiveram uma experiência desagradável com os argentinos do Boca Juniors. No jogo de volta, em Buenos Aires, houve muita pressão fora do campo e jogadores do Chivas chegaram a ser agredidos. Palencia acredita que o clima será parecido em Curitiba. Ele assistiu ao jogo em que o Atlético venceu o Santos por 2 a 0 e achou que houve muitas faltas. "Na partida deles também houve muita pancaa, muita disputa. Estamos mal acostuamdos porque com qualquer empurrão pedimos um cartão amarelo, mas em quase todo mundo se marca como na Libertadores. As pancadas ocorrem porque os jogadores disputam a bola com intensidade, são jogadas normais", disse ele ao jornal Ocho Columnas.

Palencia, que já atuou pela seleção mexicana, gostou do desempenho atleticano diante do Santos. "Eles fizeram uma grande partida, ganharam de forma contundente e tiveram muitos méritos. Além disso, tem bons jogadores, então será um adversário muito difícil", observou. Sabendo que o Chivas decidirá a vaga no jogo de volta, em Guadalajara, Palencia afirmou que a equipe não pode ficar recuada no jogo de Curitiba e tem de marcar pelo menos um gol, que fora de casa tem uma importância ainda mais relevante.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…