28 jun 2005 - 12h46

Dagoberto deve voltar aos gramados no domingo

O programa Esporte Show, transmitido pelo Canal 21, divulgou nesta terça-feira uma excelente notícia para a torcida atleticana: o atacante Dagoberto pode voltar aos gramados no jogo contra o Brasiliense, no domingo, pelo Campeoanto Brasileiro. A informação foi apurada pelo jornalista Linhares Júnior, que está em Guadalajara para fazer a cobertura do jogo entre Atlético e Chivas, pela semifinal Libertadores. Linhares entrevistou o preparador físico Riva de Carli, que confirmou a intenção da comissão técnica em utilizar Dagoberto pelo menos nos 20 minutos finais da partida contra o Brasiliense. A idéia é fazer com que o atacante volte aos poucos, para pegar confiança e ritmo de jogo. Neste caso, ele ficaria no banco de reservas e seria aproveitado no decorrer da partida.

Dagoberto sofreu a mais grave contusão de sua carreira no dia 17 de outubro de 2004, um domingo. Aos 29 minutos do primeiro tempo do jogo contra o Paraná Clube, na Kyocera Arena, ele cometeu falta em Marcel. Ao cair no gramado, sentiu dores e foi atendido por Edilson Thiele, então médico do clube. Voltou para o jogo e ainda suportou mais dez minutos em campo, mas voltou a cair no gramado. Foi substituído e levado imediatamente para fazer exames. Os médicos constataram uma ruptura no ligamento cruzado posterior do joelho e estimaram a recuperação do jogador em cinco meses.

Cirurgia e recuperação

Cinco dias depois da lesão, foi anunciado que Dagoberto seria operado por um médico americano, por indicação de seus procuradores, da Massa Sports. Por conta disso, Edilson Thiele entregou seu cargo no Atlético no final do ano e deixou a diretoria do clube, magoado com a falta de prestígio. Dagoberto realizou fisioterapia com Nivaldo Baldo, em Campinas, e foi operado em novembro pelo médico Freddie Fu, em Pittsburgh, nos Estados Unidos. Em uma decisão tomada por todos os interessados, optou-se por uma moderna técnica cirúrgica, cujo tempo de recuperação do operado é mais lento, mas que produz resultados mais consistentes. "Nós optamos pelo melhor centro cirúrgico de cirurgia de joelho do mundo para preservar o nosso atleta. Obviamente a opção foi de uma recuperação mais lenta para não perdermos esse grande talento", explicou Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo, há algumas semanas.

Em março, Dagoberto foi reexaminado por Freddie Fu, que confirmou o sucesso da operação. Há cerca de dois meses, Dagoberto voltou a fazer fisioterapia no CT do Caju e cumpriu um cronograma de de condicionamento físico estabelecido pelo médico atleticano Paulo Roberto Brofman e pelo coordenador técnico Antonio Carlos Gomes. Em maio, ele retornou aos treinamentos com bola, integrando-se ao elenco atleticano. Apesar disso, o atacante ainda não tem o condicionamento físico ideal para suportar uma partida inteira. Por isso, seu retorno será gradual. O primeiro passo pode ser dado no próximo domingo, na partida contra o Brasiliense, pela décima rodada do Brasileirão. Seria o fim de uma longa espera de oito meses.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…