7 jul 2005 - 0h50

"Gol desestabilizou a equipe", diz Marcão

O capitão Marcão, que iniciou a jogada que originou o único gol atleticano, afirmou após a partida que o gol de empate sofrido aos 7 minutos do segundo tempo desestabilizou muito a equipe. “Tomamos o gol muito cedo e demoramos a nos encontrar na marcação. Infelizmente não conseguimos a vitória, mas nada está perdido.”

Na opinião do jogador, que jogou na lateral direita, a equipe tem totais condições de vencer a segunda partida e consagrar-se campeão da Libertadores. “Jogamos contra o Cerro Porteño, Santos e Chivas, ninguém acreditava na gente e mesmo assim vencemos”, afirmou.

Por fim, Marcão lamentou novamente o gol de empate, que deixou a equipe perdida em campo. “Não podemos mais vacilar após tomarmos um gol. Tínhamos que ter mantido o equilíbrio e o São Paulo acabou tomando conta do jogo. Isso que eles queriam. Mas vamos acertar isso para quinta jogarmos bem no Morumbi e conseguirmos o resultado que precisamos", finalizou.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…