27 jul 2005 - 11h56

De volta à Arena, Morais diz que não guarda rancor

O meia Morais voltará nesta quarta-feira à noite à Kyocera Arena, apenas dois meses depois de deixar o Atlético. Revelado pelas categorias de base do Vasco, Morais brigou com a diretoria e obteve na justiça o direito de atuar por outro clube. Foi muito disputado por Cruzeiro e Atlético e acabou reforçando o Furacão no Brasileirão do ano passado. Reserva imediato de Jadson, veio como uma grande promessa, motivado por jogar em um clube com estrutura e que não atrasa os salários, mas acabou decepcionando.

Tendo diversas chances, tanto no time principal como no Ventania que disputava o certame estadual, Morais teve atuações apagadas e acabou se desligando do Atlético em maio deste ano e acertou seu retorno ao Vasco. Pelo alvinegro, já marcou dois gols neste Campeonato Brasileiro, o último no domingo, contra o Corinthians.

Nesta quarta, ele terá a oportunidade de enfrentar o Atlético, mas garante que não sente mágoas. "Não tenho rancor do Atlético Paranaense. Tenho um carinho muito grande por várias pessoas de lá", afirmou em entrevista ao Globo. Apesar disso, ele confirmou que o jogo será especial. "Quando um atleta vai enfrentar um clube pelo qual já passou sempre joga com mais disposição. Comigo não vai ser diferente. Mas não é por não ter sido valorizado no Atlético Paranaense. Fui muito bem tratado por lá, num ano que marcou a minha carreira. Mas agora quero ajudar o Vasco a vencer e sair desta situação", disse.

Morais fará seu 50° jogo com a camisa do Vasco da Gama. Pelo clube carioca, ele já marcou 6 gols (um deles contra o Atlético, na Arena). Pelo Furacão, foram 21 jogos e apenas um gol.

Colaboração: Juarez Villela Filho / Informações: Globo Online e Furacao.com



Últimas Notícias