3 ago 2005 - 12h24

Geninho: "Sempre é uma emoção voltar à Arena"

O técnico Geninho voltará à Arena da Baixada na noite desta quarta-feira. Será a quarta vez que ele estará no estádio para jogar contra o Atlético. Nas outras oportunidades, sofreu duas derrotas e empatou um jogo. Ou seja, diante do técnico campeão brasileiro de 2001, o Furacão permanece invicto.

Sempre que voltou à Arena na condição de adversário, Geninho teve uma ótima recepção. É certo o grito de "Ah que bom seria se o Geninho voltasse algum dia". O treinador reconhece que isso mexe com ele. "Sempre é uma emoção grande voltar à Arena. Sempre fui bem recebido na Arena, onde voltei três vezes e, se não me engano, empatei dois jogos e perdi outro", afirmou em entrevista ao Diário da Manhã, confundindo-se um pouco nos resultados passados.

Seu primeiro jogo de volta à Arena aconteceu seis meses após sua saída. Dirigindo o Atlético Mineiro, arrancou um empate por 2 a 2 no Brasileirão de 2002. No ano seguinte, à frente do Corinthians, perdeu por 3 a 1, com três gols de Ilan. Sua última aparição no estádio foi no Brasileiro do ano passado, com o Vasco, e com nova derrota (2 a 0).

"Fico um pouco sentido de estar do lado contrário, tenho um carinho por essa torcida e eles sabem disso", declarou o técnico à Gazeta do Povo.



Últimas Notícias

Notícia

Deu tela azul, no Azuriz

Pela sexta rodada do Campeonato Paranaense o Athletico recebeu o Azuriz. E desde o início demonstrou que está em franca evolução. Já aos 4 minutos,…