6 ago 2005 - 21h04

Adriano, de aplaudido a vaiado pela torcida

O meia Adriano viveu uma relação de amor e ódio com a torcida do Atlético na tarde deste sábado. Jogador do Furacão por seis anos, Adriano é um dos maiores vencedores da história do clube. Esteve presente em momentos memoráveis como as conquistas do Campeonato Brasileiro e da Seletiva e as disputas da Libertadores de 2000 e 2002. Agora vestindo a camisa do Cruzeiro, ele viveu pela primeira vez a emoção de estar do lado contrário.

Antes do jogo, a torcida atleticana gritou seu nome. Ao contrário do que acontecia nos tempos em que jogava no Atlético, desta vez ele não retribuiu com acenos à galera. Aos 15 minutos, marcou o gol de empate do Cruzeiro. Depois disso, passou a ser vaiado a cada vez que tocava na bola.

Ele deixou o campo aos 15 minutos do segundo tempo. Foi marcado durante todo o tempo pelo volante Alan Bahia, mas teve uma boa atuação.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…