6 ago 2005 - 19h17

Com gol no último minuto, Schumacher vira herói da partida

Chamado às pressas da equipe de juniores, que disputava a Taça BH, para compor o ataque atleticano, o jovem Schumacher foi o grande destaque da emocionante partida desta tarde, entre Atlético e Cruzeiro, terminada em 5 a 4.

Sem poder contar com Lima e Aloísio, respectivamente suspenso e lesionado, o técnico Antonio Lopes ficou praticamente sem opções para formar a parte ofensiva. Com isso, quem ganhou oportunidade foi Schumacher, que entrou na partida aos 32 minutos do segundo tempo, substituindo o colombiano David Ferreira. Aos 45 minutos, André Rocha bateu escanteio e, no bate-rebate, o atacante aproveitou a sobra, dominou e chutou forte para as redes de Fábio, decretando a vitória atleticana.

No final da partida, o atleta elogiou a equipe do Cruzeiro e destacou a conquista dos três pontos para o Atlético, que se distancia ainda mais da zona de rebaixamento. “Todos sabemos que o Cruzeiro é um ótimo time e que vai lutar pelo título. Essa vitória nos dá tranqüilidade para fugirmos um pouco mais da zona de rebaixamento e poder chegar à zona de classificação para a Sul-Americana e a Libertadores”.

Carreira

Schumacher é o apelido de Thiago Maier Santos, curitibano de 18 anos que já passou pelas divisões inferiores do Coritiba, do Paraná Clube e do Nacional. Ele está no Atlético desde a categoria juvenil e formou uma marcante dupla de ataque com Anderson Aquino, outra revelação que já teve chances no time profissional, mas que acabou retornando aos juniores.

O jovem atacante foi promovido ao time profissional em abril, quando o Atlético era comandado pelo técnico Edinho e fez sua estréia na derrota para o Santos por 2 a 1, na terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, o jogador atuou por apenas 5 minutos.

Disputando as duas edições da Dallas Cup e sendo o responsável pelo gol que deu o título ao Atlético em 2004, Schumacher disse que há tempos vinha trabalhando para ganhar uma oportunidade para mostrar o seu futebol. “Eu sempre soube que o homem lá de cima havia reservado um bom momento pra mim. É uma felicidade muito grande ter feito esse gol, o meu primeiro como profissional e o da vitória neste grande jogo”.



Últimas Notícias