22 set 2005 - 22h21

Chuva apaga o Fogo e a crise

O Atlético não fez uma partida das mais empolgantes, mas em alguns minutos teve lampejos de Furacão. Na noite fria e chuvosa de Curitiba, pouco mais de sete mil torcedores viram a retomada do Rubro-negro no nacional. Com dois gols marcados no primeiro tempo, o time de Antonio Lopes soube administrar o resultado e já começou a se afastar do grupo de risco de rebaixamento. Cristian, Ferreira, Jancarlos e Marcão se destacaram no Rubro-negro, que no próximo domingo vai até Florianópolis enfrentar o Figueirense.

O Atlético se impôs desde o começo da partida. Logo aos dois minutos Juca derrubou Evandro na área. Ferreira bateu bem o pênalti e colocou os paranaenses na frente. A pressão atleticana era nítida e o placar só não foi ampliado antes pelo preciosismo de Denis Marques. Por diversas oportunidades o atacante preferiu individualizar a jogada ao invés de tocar para um companheiro mais bem posicionado. Só aos 40 minutos o segundo gol atleticano saiu. Finazzi recebeu uma boa bola no lado direito da área, dominou e mandou no cantinho direito de Max.

Depois do intervalo o técnico do Botafogo, Celso Roth, adiantou o time. Só que a boa marcação do Atlético impediu que os cariocas chegassem com perigo ao gol de Diego. O Rubro-negro ainda teve um pênalti desperdiçado. Na tabela de Evandro e Cristian, Cristian caiu na área, calçado por um zagueiro botafoguense. Ferreira já estava preparado para cobrar, mas Denis Marques pediu para bater. Equivocado, o chute do atleticano foi defendido por Max e nem no rebote o atacante conseguiu fazer.

Bem postado no sistema defensivo, a partida não teve mais lances de perigo e o Atlético se reabilitou depois de 29 dias sem vencer pelo Campeonato Brasileiro.

%ficha=452%

Melhores Momentos

Primeiro tempo
2 min – Boa jogada de Cristian. No toque para a esquerda o zagueiro do Botafogo rebateu mal e a bola sobrou para Evandro. Juca derrubou o atleticano na área e foi marcado o pênalti
3 min – Gol do Atlético. Ferreira bateu no canto, o goleiro Max ainda conseguiu chegar, mas a bola entrou
13 min – Marcão cobrou escanetio, Denis Marques cabeceou para dentro da pequena área e Danilo, também de cabeça, perdeu a chance de fazer o segundo. Max defendeu
23 min – Diego defendeu a falta cobrada, com perigo, por Ramón
24 min – Denis Marques recebeu boa bola de Finazzi. Só que ao invés de tocar de novo em Finazzi, driblou e chutou fraco
24 min – Cristian chutou de fora da área, com perigo para Max
25 min – O Atlético perdeu mais uma oportunidade. O goleio Max saiu mal e rebateu a bola para o meio. Evandro tocou para Denis Marques, que chutou errado, para fora
38 min – Jancarlos tentou de fora da área mas a bola foi para fora
40 min – Gol do Atlético. Finazzi recebeu do lado direito da área, dominou e bateu no canto de Max
45 min – Fim do primeiro tempo

Segundo tempo
6 min – Guilherme recebeu um cruzamento dentro da área. No cabeceio, Diego defendeu com tranqüilidade
10 min – Evandro tabelou com Cristian. Depois de ser calçado na área, o juiz marcou pênalti
11 min – Denis Marques perdeu o pênalti, o rebote e a chance de fazer o terceiro do Atlético
14 min – Confusão na pequena área do Atlético. O Botafogo não conseguiu diminuir o placar
33 min – Finazzi tocou para Thiago Almeida. O goleiro saiu, o atleticano conseguiu driblá-lo, mas a bola acabou indo para fora, apesar de todo o esforço
45 min – Zé Roberto tentou de fora da área mas a bola foi longe
48 min – Fim de jogo



Últimas Notícias

Brasileiro

Libertadores, estamos chegando!

Na Arena da Baixada, o Athletico enfrentou o Botafogo pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2022. Dependendo somente das suas forças para garantir presença…