11 out 2005 - 14h39

Em nota oficial, Coritiba repudia as acusações

A diretoria do Coritiba se manifestou oficialmente sobre as acusações feitas pelo árbitro Evandro Rogério Roman e pelo ex-presidente da Comissão de Arbitragem da FPF José Carlos Marcondes durante o julgamento realizado nesta segunda-feira à noite perante o Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná.

Roman disse que diretores do Coritiba conversaram com árbitros assistentes antes da partida da semifinal do Campeonato Paranaense de 2003 entre Coritiba e Londrina. Marcondes afirmou que o primeiro Atletiba da final do Paranaense de 2004 teve "cartas marcadas" na arbitragem.

Nesta terça-feira pela manhã, o Coritiba divulgou, através de seu site oficial, a seguinte nota oficial sobre o caso:

Nota oficial – Arbitragem

O Coritiba Foot Ball repudia as declarações do árbitro Evandro Rogério Roman, no julgamento realizado na última segunda-feira (10.10) no Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná. A diretoria do Coritiba não concorda com qualquer atitude que possa gerar interferência em resultados de jogos e está interpelando o arbitro através de seu departamento jurídico para que o mesmo apresente as provas de acusação, caso contrário o mesmo poderá ser processado criminalmente pelo clube.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…