12 out 2005 - 0h50

Evaristo diz que está satisfeito com a equipe

O técnico Evaristo de Macedo conquistou nesta terça-feira sua terceira vitória em três jogos comandando o Atlético neste Campeonato Brasileiro. A vítima mais recente foi o Brasiliense, que perdeu por 4 a 0 na Kyocera Arena. Após o jogo, Evaristo teceu comentários sobre a atuação da equipe e tmabém já falou do clássico Atletiba, marcado para o próximo sábado no Couto Pereira. O comandante rubro-negro disse que o Furacão está com um problema parecido com o da Seleção Brasileira: há muitos jogadores de qualidade para o ataque, mas não é possível que todos joguem. Confira os principais trechos da coletiva:

RESULTADOS
"Nós não estamos aqui com um comando marcial. Isso aqui é um comando humano, em que procuramos passar a experiência que nós temos. Eles estão muito atentos e estão embuídos da maior responsabilidade. Eles sabem que a situação ainda não é boa, mas creio que eles estejam tendo uma absorção boa do que estamos passando e os resultados estão vindo."

MUDANÇAS EM RELAÇÃO À ERA LOPES
"Não vou discutir o que o Lopes fez ou deixou de fazer. Isso é falta de ética. O que passou, passou e quem gosta de passado é museu."

SATISFAÇÃO
"No futebol e na vida da gente, não há perfeição. Sempre existe algo para ser corrigido e outros defeitos aparecerão. Mas estou satisfeito com a equipe, com a movimentação e o sistema tático. Está sendo muito bem compreendido pelos jogadores."

LIMA
"No primeiro tempo, o Lima estava muito posicionado junto ao Cristian. Um entrava no corredor do outro e eles não jogaram bem. No segundo tempo, o Lima se posicionou melhor e o futebol dele apareceu, pois ele é muito bom."

BRIGA PELA VAGA NO TIME
"Agradar a todo mundo não pode. Para agradar todo mundo, eu tenho de botar 14 em campo. Isso aqui é igual na Seleção. O jogador é fantástico, joga muito, mas fica no banco. Aqui temos um elenco bom, forte, os jogadores entre eles disputando um lugar e joga quem estiver melhor, meu filho. Porque os jogadores dentro de campo é que defendem minha posição. Dependo deles."

ATLETIBA
"A rivalidade no futebol é muito importante. O Brasiliense, que nós ganhamos, não tem nenhuma rivalidade, é um jogo normal de Campeonato Brasileiro. mas quando você tem um clássico na cidade, existe uma divisão e daí não existe favoritismo. Não é um jogo igual, não há dúvidas. Existe um componente emocional muito importante e não podemos desprezar isso aí."

DECLARAÇÕES DE CUCA, QUE QUER GANHAR O ATLETIBA
"Eu também esperava ganhar a megasena amanhã, só que cancelaram o sorteio, será só no sábado. Então, é isso aí. Acho que ele faz muito bem falar assim, que quer ganhar, pois ele está dando um recado para a equipe dele, está dando moral para a equipe dele. Não tenho nada contra, não."

VAGA NA LIBERTADORES
"Ainda é cedo para pensar em alguma coisa, a não ser se firmar no campeonato para quem sabe no futuro aproveitar alguma oportunidade."



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…