12 out 2005 - 12h49

Manchetes atleticanas desta quarta-feira

Muito fácil. Jogando no ataque praticamente o tempo inteiro contra uma equipe quase totalmente retrancada, o resultado não poderia ser outro. O Atlético não tomou conhecimento dos craques de outrora do Brasiliense e goleou o time do senador cassado Luís Estevão por 4 a 0. Com o resultado, o Rubro-Negro pula para a 8.ª colocação no Brasileiro. A goleada também embalou o Furacão para enfrentar o arquirrival Coritiba, sábado, no Couto Pereira.

 

Em uma noite de festa para a torcida atleticana, o Rubro-Negro entrou definitivamente na luta para disputar um torneio continental no ano que vem. Empolgado pelo retorno definitivo do ídolo Dagoberto – que iniciou pela primeira vez uma partida na Arena após a longa recuperação da contusão no joelho esquerdo – o torcedor não parou de apoiar a equipe um minuto sequer e recebeu como presente mais uma goleada do Furacão. Com facilidade, o time de Evaristo de Macedo aplicou 4 a 0 no Brasiliense.

 

O Atlético-PR goleou o Brasiliense por 4 a 0 nesta terça-feira, na Kyocera Arena, pela 31ª rodada do Brasileirão. Foi a terceira vitória consecutiva do Furacão, que chegou a 42 pontos, pulou para a oitava posição e se manteve na zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

 

O Atlético conseguiu um salto incrível na classificação do Campeonato Brasileiro. Com a vitória de ontem sobre o Brasiliense, por 4 a 0, chegou ao 8º lugar — melhor posição obtida nesta competição em 2005. Quando o técnico Evaristo de Macedo assumiu a equipe, há três rodadas, a equipe estava na modesta 15ª posição, apenas três pontos acima da zona de rebaixamento. Com três vitórias consecutivas, conseguiu se firmar na zona de classificação à Copa Sul-Americana.

 

O Atlético segue a sua recuperação no Campeonato Brasileiro. Ontem, o time enfrentou o Brasiliense, na Baixada, e conquistou sua terceira vitória consecutiva na competição: 4 x 0, fora o baile. Lima marcou duas vezes e Jancarlos e Danilo completaram a festa da galera rubro-negra.

 


Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…