O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
14 out 2005 - 15h34

O furacão Dagoberto

Como é bom ver um futebol de qualidade jogado por um garoto de 22 anos que encanta a todos com seus dribles desconsertantes, uma velocidade incomum e chutes a gool de qualquer distância. Este talento chama-se DAGOBERTO PELENTIER, natural de Dois Vizinhos (PR) e uma garantia de futebol moderno para o mundo.

Depois de nove meses de sofrimento, após séria contusão, ele volta à sua plenitude, cheio de vontade e totalmente recuperado. Quando entrou em campo no domingo dia 02 de Outubro diante do Flamengo, fez a torcida estremecer a Kyocera Arena, vibrando como nunca, numa euforia que mais parecia a comemoração de um gool. Me lembrou a noite de Libertadores da América, quando aconteceu a liberação da bateria da torcida Os Fanáticos. Coisa Linda.

Em campo, o garoto Dagoberto, ou Dagolberto, não decepcionou. Entrou com a personalidade dos grandes atletas, buscando jogo, driblando, chutando em gool e fazendo lançamentos perfeitos para a entrada na área dos companheiros. Em vinte minutos mostrou que continua sendo a grande atração atleticana.

Nascido no dia 22 de março de 1983, veio para o Atlético Paranaense em 2001, se tornando Campeão do Brasil. Em 2002 convocado para a Seleção do Brasil foi campeão do Torneio de Toulon pela Sub-23 e campeão da Copa do Mundo sub-20 em 2003. Em 2005 conquistou o Campeonato Paranaense, parte integrante do elenco. Pela Seleção do Brasil já enfrentou os elencos da Colômbia, Venezuela, Chile, Paraguai, Uruguai e México.

Vale lembrar o importante apoio que Dagoberto recebeu da diretoria do Atlético, do pessoal da Massa Sports, dos familiares e amigos e principalmente da grande torcida rubro-negra. Com fome de gols, está pronto para brilhar ao lado de talentos como Aloísio, Lima, Finazzi, Denis Marques, Caetano, Jadilson (atacantes), Ferreira e Evandro (meias) e ídolos como Marcão, Jancarlos, Diego, Danilo, Paulo André, Alan Bahia e a revelação do gool, o garoto Tiago Cardoso.



Últimas Notícias

Paranaense

Atletiba acaba empatado

Coritiba e Athletico ficaram no empate de 1 X1 no Couto Pereira no final da tarde, quase noite pelo Paranaense 2024. Mastriani abriu o placar…