15 out 2005 - 9h36

Manchetes atleticanas deste sábado

Uma defesa segura, contando com a excelente fase do goleiro Tiago Cardoso. Um ataque eficiente, jogando em bloco. Apostando neste equilíbrio o Atlético Paranaense encontrou a receita para escapar do fantasma do rebaixamento e ainda brigar por uma vaga na Copa Sul-americana. Para o clássico de sábado, contra o Coritiba, o Furacão já entra como favorito.

 

Hoje haverá um time entrando em campo com o favoritismo da partida. O Atlético ganhou suas últimas partidas com facilidade, chegando a impor goleadas -Fortaleza e Brasiliense conheceram o poder de fogo do Furacão, agora com a dupla Aloísio e Dagoberto, que voltou a jogar depois de várias contusões e rapidamente se transformou em principal jogador da equipe. Sob o comando de Evaristo de Macedo, o time não sabe o que é perder.

 

De um lado, sorrisos, brincadeiras e tranqüilidade. Do outro, caras fechadas, respostas secas e tensão. O clima que antecedeu o clássico nos centros de treinamento de Atlético e Coritiba, respectivamente, dá o tom da situação em que a dupla se encontra no Brasileiro. Porém não serve de prognóstico para o jogo de hoje, às 18h10, no Couto Pereira.

 

Apesar da aparente crise no Coritiba, com a demissão do técnico Cuca e o afastamento do atacante Renaldo, o Atlético-PR descarta favoritismo no jogo deste sábado. Para isso, os jogadores se espelham principalmente no jogo do primeiro turno, em que o Furacão estava sem vencer e o Coxa vivia um bom momento.

 

Já o Atlético vem embalado por três vitórias consecutivas e pela recuperação do ídolo Dagoberto, que foi titular da equipe nas duas últimas partidas.
No primeiro turno, a situação era inversa. O Atlético estava na lanterna do Campeonato Brasileiro e, preocupado com a Copa Libertadores, poupou titulares no clássico.

 

Clássico regional sempre pega fogo. Desta vez não é diferente. Com situações opostas, Coritiba e Atlético duelam no Brasileirão por uma posição que mantenha o time na luta por uma vaga pela Copa Sul-Americana. Uma nova derrota do Coxa, que não vence há três jogos e perdeu o técnico Cuca após a derrota para o Paysandu, pode agravar a crise instalada no Alto da Glória.

 

Na luta por posições intermediárias na tabela de classificação, Coritiba e Atlético-PR se enfrentam hoje, às 18h10, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clássico paranaense opõe rivais que vêm de resultados distintos na competição diante de equipes que estão na zona de rebaixamento -o alviverde perdeu para o Paysandu, enquanto o rubro-negro goleou o Brasiliense.

 

De um lado, um time agonizante, que começa a se preocupar com a zona de rebaixamento. Do outro, uma equipe embalada, que começou a atropelar todo mundo. Não tem nem como negar. O clássico Atletiba desta tarde (18h10min) vai ser realizado no Couto Pereira, mas o Furacão é favorito disparado.

 


Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…