25 out 2005 - 9h09

Manchetes atleticanas desta terça-feira

Diego está pronto para voltar. Como titular do Atlético
“Ser reserva não passa pela minha cabeça.” A frase é do goleiro Diego e mostra que ele não quer nem saber de sentar no banco. Machucado desde o dia 1.º deste mês, o jogador volta a trabalhar forte esta semana e pode ficar à disposição do técnico Evaristo de Macedo para a partida contra o Vasco da Gama, na semana que vem. Mas, como titular, o que deverá prevalecer, apesar da ótima fase de seu substituto até aqui no Brasileiro.

 

Diego não aceita a reserva
A guerra pela camisa 1 do Atlético está declarada. Após quase um mês se recuperando de uma fratura na mão direita, Diego voltou sexta-feira aos treinamentos com bola. E ontem foi logo avisando: “Nunca fiquei na reserva.”

 

Atlético-PR deve contar com a volta de dois jogadores
O técnico Evaristo de Macedo deverá poder contar com a volta de dois jogadores no time do Atlético-PR para a partida da próxima quinta-feira, contra o Fluminense, em Volta Redonda, pelo Brasileirão: o lateral-direito Jancarlos e o atacante Lima.

 

Esquenta briga por lugar no time
A briga por vagas no time titular do Atlético esquentou. Com a volta do meia-atacante Lima e do goleiro Diego, o técnico Evaristo de Macedo poderá se dar ao luxo de colocar no banco o meia Ferreira, da seleção colombiana, e o goleiro Tiago, um dos destaques da equipe na sequência de cinco vitórias consecutivas. Além deles, o treinador terá o reforço do lateral-direito Jancarlos, que se recuperou de uma lesão muscular e poderá enfrentar o Fluminense, quinta-feira, em Volta Redonda.

 

Libertadores é a meta do Furacão
Melhor time do Campeonato Brasileiro nas últimas cinco rodadas, o Atlético-PR dedica seu bom momento a uma esperança: voltar a disputar a Copa Libertadores. A equipe, única a vencer seus últimos cinco compromissos no Nacional, almeja participar pelo segundo ano consecutivo do principal torneio sul-americano.

 

Atlético: cinco meses de invencibilidade na Arena
Você lembra quando foi a última vez que o Atlético perdeu jogando em casa? Não, né? Poucos lembram. Sabe por quê? Porque faz nada mais, nada menos do que cinco meses que o time rubro-negro não sabe o que é uma derrota na Arena. É mole? Cinco meses sem uma derrota sequer! Isso mostra o quão importante é a torcida fazendo aquela tremenda pressão nas arquibancadas. “Jogar na Arena é fantástico. Não é qualquer um que vem aqui e vence o nosso time, enfrentando, também a nossa torcida”, diz o zagueiro Paulo André.

 


Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…