31 out 2005 - 11h00

Fabrício prepara retorno apenas para 2006

Afastado dos gramados de futebol desde o dia 20 de agosto, quando uma entrada violenta do zagueiro são-paulino Alex fez com que rompesse o ligamento colateral medial do joelho esquerdo, o meia Fabrício prepara sua volta aos gramados apenas na próxima temporada. Hoje, o jogador está na fase final de recuperação clínica, andando sem o auxílio de muletas e fazendo fisioterapia. A expectativa dos médicos é de que em 20 dias ele passe a tentar recuperar a forma física, para aí sim poder pensar em voltar aos gramados.

Em entrevista ao jornal Gazeta do Povo, o jogador revelou que tinha esperanças em voltar aos gramados ainda neste Brasileirão, mas depois do clássico Atletiba, quando o meia Marquinhos sofreu uma nova contusão depois de um tempo afastado, optou em ter mais tranqüilidade para voltar ao time. “Tem de voltar bem. Já tinha o exemplo do Dagoberto (que se machucou logo em seu retorno), mas depois do que aconteceu com Marquinhos, do Coritiba, vi que tudo tem o seu tempo. Não dá para acelerar”, disse ao jornal.

E sua volta aos campos deve ser com a camisa Rubro-negra. Seu contrato no Atlético termina apenas em 2007 e Fabrício pretende cumpri-lo até o fim. “Antes eu tinha vontade de sair, agora não. Consegui uma identificação com o torcedor. Eles souberam valorizar o que fiz e eu sei valorizar esse reconhecimento”, afirmou.

Nesta temporada, Fabrício marcou nove gols com a camisa do Furacão. Foram três pelo Paranaense, dois na Libertadores e outros quatro no Campeonato Brasileiro. O jogador chegou ao clube em 2002, logo depois da conquista do título Brasileiro. No currículo, trazia uma passagem no América Mineiro, time que o revelou e onde conquistou a Copa Sul-Minas, em 2000, e o Campeonato Mineiro, em 2001. Diversas vezes contestado pela torcida atleticana, foi emprestado no ano passado para o Brasiliense, onde conquistou o título Brasileiro da Série-B.

Este ano, voltou ao Atlético e enfim recebeu o reconhecimento da torcida. Suas boas apresentações e gols fizeram com que, depois de três anos que desembarcou na Baixada, ele recebesse os aplausos e a consideração da torcida do Furacão.

Clique aqui e leia a reportagem completa sobre Fabrício publicada na edição de hoje da Gazeta do Povo.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…