3 nov 2005 - 10h16

Manchetes atleticanas desta quinta-feira

O Atlético volta a pisar em São Januário para enfrentar o Vasco da Gama, 11 meses após a "decisão" do Campeonato Brasileiro de 2004, com clima de revanche. Poderia ser mais um jogo "normal" não fosse o desejo de vingança que move rubro-negros e alvinegros. Do lado do Furacão, a vontade de devolver a derrota que tirou o título da competição passada, enquanto os cariocas não esquecem a humilhação dos 7 a 2 sofridos no primeiro turno, na Arena. Por isso, a partida programada para as 20h30 tem tudo para ser quente e cheia de pressão.

 

O Vasco afirma que não haverá clima de guerra ou revanche, hoje, às 20h30, em São Januário. O Atlético não acredita. E tem bons motivos para isso. Além de ter humilhado a equipe cruzmaltina no primeiro turno do Brasileiro, aplicando a maior goleada da competição (7 a 2, dia 27 de julho, na Arena), o Rubro-Negro sabe bem como Eurico Miranda utiliza seu estádio em momentos de pressão.

 

A goleada para o Atlético-PR por 7 a 2 no primeiro turno, no dia 27 de julho, na Kyocera Arena, já foi esquecida pelos jogadores e pelo técnico do Vasco, que reencontram o Furacão nesta quinta-feira, às 20h30min, em São Januário, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, e garantem que não há clima de revanche. O clube paranaense quer manter a atual fase: são seis vitórias nos últimos sete jogos.

 

O Atlético terá seis mudanças para enfrentar o Vasco, nesta quinta-feira às 20h30, em São Januário. As alterações ocorrerão se o técnico Evaristo de Macedo utilizar o time que treinou na última terça-feira, em Curitiba. A principal novidade foi a saída do atacante Finazzi, que marcou dois gols contra o Paraná, no último domingo, para a entrada do meia Ferreira.

 

Depois de deixar de lado o sonho de disputar a Libertadores de 2006, o Atlético segue em busca de uma vaga na Copa Sul-Americana, com o bom aproveitamento no segundo turno do Brasileirão. A equipe enfrenta o Vasco, hoje à noite, no Rio, querendo quebrar um tabu: o time carioca nunca perdeu para o Furacão em seus domínios.

 

Ainda na luta para fugir do rebaixamento à Série B, o Vasco recebe o Atlético-PR, hoje, às 20h30, no estádio de São Januário, no Rio, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em posição superior na tabela, o time paranaense precisa da vitória para seguir na luta por vaga na Taça Libertadores.

 


Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…