6 nov 2005 - 18h04

Clube homenageou os campeões Fernando, Raul e Choco

O Atlético prestou uma bela homenagem aos seus atletas Fernando, Raul e Choco, todos da categoria infantil. Os três foram campeões sul-americanos sub-15 defendendo a Seleção Brasileira. Fernando foi titular nos seis jogos (seis vitórias) do Brasil e Raul entrou no segundo tempo em várias partidas. Fernando foi descoberto pelo supervisor Ticão e é capitão do time infantil rubro-negro. Raul e Choco começaram no Coritiba e foram contratados pelo Furacão recentemente.

Os três jogadores chegaram neste domingo a Curitiba e seguiram direto para a Kyocera Arena. "Na hora que vi a recepção meu coração foi a mil. Depois de quase um mês fora, a gente reencontra com essa festa e fica emocionado”, declarou Raul, emocionado com as boas-vindas recebidas já no Aeroporto Afonso Pena. Choco agradeceu ao Atlético pelo apoio prestado. "A estrutura do Atlético foi fundamental. O Marquinhos (Santos, técnico do infantil) falou que Deus escreve certo por linhas tortas. Talvez se eu estivesse lá no Coritiba nem tivesse essa oportunidade", lembrou.

Antes do início do jogo Atlético x Palmeiras, Fernando, Raul e Choco foram ao gramado da Arena e receberam os merecidos cumprimentos da torcida atleticana. Eles desfilaram com as medalhas de ouro e foram saudados pelo locutor oficial do estádio. Depois, deram uma volta ao redor do campo carregando uma bandeira do Atlético. Em frente à Fanáticos, tiraram fotos e foram saudados.

Campeonato Metropolitano Infantil

Reforçado pelos três jogadores da Seleção Brasileira Sub-15, o Atlético espera reveter o mau resultado do jogo de ida da semifinal do Campeonato Metropolitano Infantil 2005. Mesmo jogando no CT do Caju, o Rubro-negro foi derrotado pelo Paraná e agora precisará vencer o jogo de volta para ir à final.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…