7 nov 2005 - 15h38

José Serra lamenta goleada e reclama dos palmeirenses

O prefeito de São Paulo, José Serra, é um dos mais ilustres torcedores do Palmeiras. Nesta segunda-feira, o servidor público da mais alta hierarquia do maior município do país acordou de cabeça inchada. Tudo por culpa do Atlético, que goleou o Palmeiras impiedosamente por 4 a 0 neste domingo, com dois gols de Lima, um de Denis Marques e outro de Finazzi.

Logo pela manhã, Serra foi obrigado a lembrar de futebol por ocasião da solenidade de apresentação do projeto do "Museu do Futebol", no salão nobre do Estádio do Pacaembu. Além de Serra, participaram do evento personalidades como Pelé, José Roberto Marinho e Ricardo Teixeira. Serão investidos R$ 25 milhões em dois anos para a construção do Museu, que contará com avançados recursos tecnológicos.

Durante a cerimônia, José Serra não se conteve e reclamou da derrota palmeirense para o Furacão. "O Leão é um bom técnico, mas não é milagreiro. O time não tem atacantes, não tem laterais, com todo respeito aos jogadores que estão lá", afirmou, lamentando a goleada.

Polêmicas

Não é a primeira vez que Serra comenta publicamente o desempenho do Palmeiras. Em 98, quando ocupava o cargo de Ministro da Saúde, ele reclamou que o Palmeiras de Luiz Felipe Scolari atuava de modo excessivamente defensivo. Irritado, Felipão deu o troco na mesma moeda, dizendo que também tinha críticas à política de saúde do governo, mas nem por isso dava seus palpites sobre o que deveria ser feito e, portanto, esperava a mesma conduta do Ministro. "Minha sorte é que tenho um bom plano de saúde", ironizou o treinador.

Dois anos depois, por ocasião do lançamento dos medicamentos genéricos, Serra voltou a falar publicamente do seu time do coração: "Acho que o Palmeiras se parece com os genéricos, é bom, barato e eficiente".



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…