17 nov 2005 - 18h00

Marín e Juliano serão titulares hoje à noite

O lateral-esquerda Marcão e o atacante Lima não enfrentarão o Cruzeiro na noite desta quinta-feira, no Estádio do Mineirão. Os atletas viajaram para Belo Horizonte e estavam concentrados com a delegação atleticana, mas foram cortados em função da negociação com o Al Ittihad. O Atlético acertou na tarde desta quinta-feira o empréstimo de Marcão e a cessão em definitivo de Lima para o time saudita, que disputará o Mundial de Clubes da Fifa no mês de dezembro.

Em razão do acerto, as partes concordaram que a melhor atitude seria que os dois jogadores já não mais defendessem o Atlético neste Campeonato Brasileiro. De acordo com o repórter Osmar Antônio, da Rádio Banda B, o técnico Evaristo de Macedo escalará Marín e Juliano na equipe titular. Desse modo, o Atlético terá a seguinte formação para enfrentar o Cruzeiro: Vinicius; Thiago Almeida, Danilo, Paulo André e Marín; Alan Bahia, Cristian, Evandro e Juliano; Schumacher e Ferreira.

Na verdade, Juliano será mantido na equipe titular, pois já atuou com a camisa 10 rubro-negra no jogo contra o Goiás. Na partida desta quinta, ele ficaria no banco, mas voltou a ganhar uma chance em virtude da negociação da Lima. Com isso, ele atuará no meio-campo ao lado de Evandro e o colombiano David Ferreira atuará improvisado no ataque. Inicialmente, chegou-se a cogitar da possibilidade de o atacante Lê começar jogando, mas como está sem ritmo ele iniciará na reserva.

Como viajaram apenas 19 jogadores para Belo Horizonte, os cortes de Marcão e Lima produziram uma situação inusitada: o Atlético terá apenas seis atletas no banco de reservas na partida desta noite. Ficarão no banco o goleiro Andrey, o zagueiro Durval, os volantes André Conceição e Ticão, o meia Leandro e o atacante Lê.

Notícia corrigida e atualizada em 17/11/2005 às 18h52



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…