20 nov 2005 - 20h47

Atlético perde a zaga titular para o próximo jogo

O Atlético não poderá contar com os zagueiros Danilo e Paulo André para o jogo do próximo domingo contra o Paysandu, na Kyocra Arena. Os dois jogadores receberam cartões amarelos na partida contra o São Caetano e terão de cumprir suspensão automática na rodada seguinte. Danilo recebeu seu sexto amarelo neste Brasileiro e cumprirá suspensão pela segunda vez. Já Paulo André ficará de fora pela terceira vez, já que levou nove amarelos no total – clique aqui para conferir os dados completos.

Danilo e Paulo André se firmaram na dupla de zaga titular do Atlético com estilos bem parecidos. Os dois são altos (1,84m e 1,88m, respectivamente), jovens (21 e 22 anos) e jogam de modo técnico, dando preferência a passes, lançamentos e desarmes em detrimento de jogadas bruscas e chutões. Além disso, os dois aparentam tranqüilidade e transmitem segurança ao restante do time e à torcida. Cada um já marcou dois gols neste campeonato.

Danilo fez 35 jogos e é o jogador do Atlético que mais tempo esteve em campo neste Brasileirão (3.220 minutos). Paulo André fez sete partidas a menos. Neste domingo, contra o Azulão, os dois se igualaram até nos cartões. PA foi advertido aos 36 minutos do primeiro tempo, depois de cometer uma falta na intermediária. Aos 30 do segundo, foi a vez de Danilo receber o amarelo. Ele trombou com Triguinho na área e o árbitro Antônio Hora Filho interpretou o lance como pênalti.

Diante disso, o técnico Evaristo de Macedo não poderá contar com a dupla de zaga titular para o jogo contra o Paysandu, no próximo final de semana. Para sua sorte, ele terá uma semana inteira de trabalhos para estudar a melhor alternativa para os substituir e treinar bem a equipe para o penúltimo jogo do Brasileiro. É certo que Durval permanecerá no time titular. Antes da chegada de Paulo André, ele era titular ao lado de Danilo. O zagueiro paraibano começou jogando nas duas últimas rodadas, quando Evaristo optou por escalar a equipe no sistema tático 3-5-2.

O esquema com três zagueiros, porém, deverá ser abandonado justamente em razão da ausência de Danilo e Paulo André. É pouco provável que o treinador resolva promover a entrada de dois zagueiros sem ritmo de jogo. Assim, o companheiro de Durval para o jogo contra o Paysandu deverá ser escolhido da disputa entre Adriano e Juninho. Quem não começar jogando, receberá uma oportunidade ao menos no banco de reservas.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…