20 nov 2005 - 19h28

Evaristo acha que cansaço atrapalhou o Atlético

O técnico Evaristo de Macedo considerou que o cansaço foi o principal responsável pelo tropeço do Atlético diante do São Caetano neste domingo na Kyocera Arena. Depois de sete vitórias consecutivas em casa, o Furacão voltou a empatar no seu estádio e perdeu a chance de chegar aos 60 pontos no Brasileirão.

Mesmo assim, o treinador rubro-negro não considerou que o time jogou mal. Para Evaristo, o Atlético foi até melhor que o Azulão. "O grupo sentiu um cansaço, mas eu acho que o resultado poderia ser diferente. Jogamos melhor e tivemos mais oportunidades de gol", afirmou ele durante a entrevista coletiva concedida logo após o jogo.

Evaristo de Macedo citou o fato de o time ter viajado muito na última semana, o que provocou um desgaste de todos os jogadores. No domingo passado, a equipe enfrentou o Goiás em Goiânia numa temperatura muito elevada. Os jogadores voltaram para Curitiba no dia seguinte e viajaram dois dias depois para Belo Horizonte, para enfrentar o Cruzeiro. O técnico observou que essa "maratona" impediu o grupo de até mesmo realizar um treinamento antes do jogo deste domingo.

"Mesmo assim, os jogadores foram corajosos. Ninguém pediu para sair, eles agüentaram ate o final", elogiou o técnico. Para ele, o São Caetano levou vantagem nesse aspecto por possuir jogadores mais altos e fortes fisicamente.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…