28 nov 2005 - 8h51

Manchetes atleticanas desta segunda-feira

Rubro-Negro fecha temporada em casa com vitória
Em clima de despedida dos torcedores, o Atlético fez a lição de casa e só volta a reencontrar a torcida no dia 18 de janeiro do ano que vem (contra o Nacional, de Rolândia, na 3.ª rodada do Campeonato Paranaense). Jogando apenas para o gasto, o Rubro-Negro venceu o Paysandu por 3 a 2 e subiu para a 6.ª colocação no Brasileiro. Além disso, o Furacão somou o 18.º jogo seguido na Kyocera Arena sem perder. O próximo e último compromisso na competição será o São Paulo, domingo que vem, no Morumbi.

 

Atlético se despede eufórico
A simbiose entre os jogadores e a torcida após a partida de ontem, na Arena, é o retrato da despedida do Furacão de sua casa em 2005. No meio do gramado, o time atleticano foi calorosamente saudado por seu torcedor com aplausos e gritos de “A-tlé-ti-co, A-tlé-ti-co”. Um reconhecimento merecido pelo desempenho da equipe na temporada.

 

Furacão derruba Paysandu para a Segundona
O Paysandu está na Segundona. Com a derrota de 2 a 0 para o Atlético-PR, o clube paraense confirmou seu rebaixamento em 2005. Jogando com os nervos à flor da pele, o Papão estava
muito ansioso em campo e acabou não conseguindo fazer uma boa partida. Ao Furacão só
restou atuar com a tranquilidade de quem já estava com a vaga assegurada na Copa Sul-Americana.

 

Furacão leva o Paysandu para a Série B
O Atlético não decepcionou a torcida na sua despedida da Arena e derrotou o Paysandu por 3 a 2, empurrando de vez o time paraense para a segunda divisão em 2006. Além disso, o Furacão confirmou a ascensão no Brasileirão, terminando a rodada com 61 pontos, na 6ª colocação na tabela e manteve a invencibilidade de 18 jogos na Baixada.

 

Furacão vence e manda Paysandu para Série B
O Atlético Paranaense despediu-se em alto estilo da sua torcida neste Campeonato Brasileiro ao vencer o Paysandu por 3 a 2 ontem na Arena. O resultado marcou uma série invicta de 18 jogos do Atlético em casa e serviu para rebaixar o Paysandu para a Segunda Divisão.

 


Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…