17 dez 2005 - 15h34

Marcus Winícius é emprestado ao Bragantino

O volante Marcus Winícius foi emprestado pelo Atlético ao Bragantino pelo período de um ano. Marcus Winícius Silva Lima tem 20 anos e era um dos principais jogadores do time júnior do Rubro-Negro. Apesar da pouca idade, o cearense de Juazeiro do Norte já passou por diversos clubes nas categorias de base. Começou na Portuguesa e passou por Ponte Preta, Marcílio Dias e Criciúma antes de chegar ao CT do Caju.

Com contrato com o Atlético até a temporada de 2010, Marcus Winícius é uma aposta da diretoria. Em 2004, ele foi eleito o melhor jogador da Dallas Cup. Nas duas últimas temporadas, sagrou-se bicampeão paranaense de juniores, sempre jogando como titular e liderando a equipe.

Em 2005, Marcus Winícius estreou na categoria profissional fazendo 14 partidas pelo Atlético (três no Paranaense e 11 no Brasileiro). Chegou a ser titular sob o comando de Antonio Lopes, mas depois retornou ao time de juniores, onde encerrou a temporada. A princípio, o jogador foi inscrito na Copa SP de Juniores. Porém, o Bragantino quer a liberação do atleta já na próxima semana.

Paulistão

Emprestado ao Bragantino, Marcus Winícius terá a oportunidade de disputar em 2006 o Campeonato Paulista, considerado o Estadual de maior nível técnico do país. O time de Bragança Paulista, que foi campeão paulista em 90, foi terceiro colocado da Série A-2 do Paulista em 2005 e conquistou o direito de voltar à elite do futebol estadual dez anos depois.

Além de Marcus Winícius, o Bragantino pode contratar também o lateral-direita Murilo e o meia e lateral Thiago Almeida. O primeiro começou sua carreira no departamento de formação do Atlético e foi emprestado ao Londrina nesta temporada. Já Thiago Almeida veio do Paulista para o Atlético e foi reserva do time no Brasileirão.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…