29 dez 2005 - 17h24

Zveiter renuncia e Rubens Approbato assume o STJD

O desembargador Luiz Zveiter entregou nesta quinta-feira a carta de renúncia ao cargo de presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Todos os outros magistrados também deixaram os respectivos cargos no STJD. Rubens Approbato Machado, de 72 anos, auditor mais antigo do Tribunal, assume a presidência do STJD de forma interina. Aprobatto já foi presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e é primo do técnico Geninho, campeão brasileiro pelo Atlético em 2001.

"Os três magistrados que deixaram o STJD (Luiz Zveiter, Nelson Thomas Braga e Marcos Basílio) foram indicados pelos atletas e clubes. Quando reabrirmos o Tribunal na próxima semana vamos enviar ofícios às entidades para que elas indiquem os três novos auditores", disse Rubens Approbato.

A CBF definirá a data da nova eleição para a presidência do STJD após as três vagas serem ocupadas. O sindicato de jogadores vai enviar à entidade as indicações do ex-juiz Alexander Macedo e do advogado gaúcho Décio Neuhaus. Os clubes ainda não se pronunciaram. "É um tribunal que vem dando exemplos no país inteiro de como deve ser uma justiça rápida e ética. E isso não vai mudar", completou Approbato.

O Conselho Nacional de Justiça decidiu em 19 de dezembro que magistrados não podem ocupar cargos na Justiça Desportiva. Zveiter acumulava a função de presidente do STJD e o posto de desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…