3 jan 2006 - 14h08

Volante Erandir chega a Curitiba nesta terça

O volante Erandir, primeira contratação do Atlético para a temporada 2006, chega hoje a Curitiba. O jogador embarcou na manhã desta terça-feira no Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza, com destino à capital paranaense. Ele passou as festas de final de ano na capital cearense. Erandir começará a treinar nesta quarta-feira no CT do Caju juntamente com os demais atletas do elenco rubro-negro.

"Estou muito feliz. No Atlético, vou me empenhar ao máximo, porque meu objetivo é aproveitar essa chance e melhorar cada vez mais minha situação e a da minha família em todos os sentidos", afirmou o ex-jogador do Fortaleza, momentos antes do embarque.

Erandir começou a carreira no Fortaleza e foi contratado pelo Atlético por empréstimo em 2001. Jogou apenas cinco partidas no Rubro-Negro (como zagueiro, líbero e lateral-esquerda) e foi devolvido ao time cearense dois meses depois. De volta ao clube de origem, atuou como volante e foi um dos grandes destaques da equipe nas últimas temporadas, tornando-se ídolo da torcida.

Reforços

Erandir foi a primeira contratação do Atlético para 2006, mas não é o único reforço do time. Por enquanto, o Atlético conta com vários jogadores que estavam emprestados a outras equipes e retornaram ao clube, como Cléber, Igor, Michel Bastos, Simão, Cléo, Jonatas, David, Jorge Henrique, Ricardinho e Adriano. O aproveitamento deles no Furacão ainda é incerto, uma vez que pode haver novas negociações envolvendo esses atletas.

O caso de Erandir é distinto. Ele não tinha mais vínculo com o Rubro-Negro, como chegaram a divulgar alguns veículos. Por isso, não se trata de um retorno de empréstimo e sim de uma contratação. Além de Erandir, o clube contratou também o atacante Willian, do Guarani.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…