6 jan 2006 - 14h15

Barreiras culturais não assustam Matthäus

Um técnico alemão comandando um time de futebol brasileiro. A união de dois povos extremamente apaixonados pelo esporte pode se concretizar nos próximos dias em Curitiba, mais precisamente no CT do Caju. E nem mesmo as barreiras culturais e os problemas com o idioma parecem assustar o alemão Lothar Matthäus. O treinador, que se comunica bem em inglês e italiano e também arrisca algumas palavras em francês e espanhol, revelou que já conversou com a diretoria atleticana sobre como driblar os problemas de idioma nos primeiros meses no Brasil. A solução imediata, disse, será integrar um auxiliar técnico que domine os dois idiomas. Além, claro, de aulas de português.

“É uma coisa realmente complicada não se falar o idioma nativo. Tenho que correr para aprender o mais rápido possível. Vamos integrar um auxiliar técnico que fala alemão e português, como também vou ter um intérprete na vida particular para aprender depressa”, afirmou Matthäus na entrevista coletiva que deu nesta sexta-feira, em São Paulo.

Fonte: Gazeta Esportiva



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…