9 jan 2006 - 20h38

Novo reforço namora a "rainha" Hortência

O atacante Rodrigão, de 27 anos, novo reforço do Atlético para a temporada 2006, é namorado de uma estrela do esporte brasileiro: a ex-jogadora de basquete Hortência. Os dois se conheceram no Réveillon de 2004, em Guarujá, no litoral paulista. Engataram um romance e estão juntos desde então.

Hortência foi a melhor jogadora da história do basquetebol brasileiro. Depois de encerrar a carreira, ela se tornou empresária do ramo do marketing esportivo. Hortência foi casada com o empresário José Victor Oliva, com quem tem dois filhos: João Victor e Antonio. Apesar de ser quase vinte anos mais velha que Rodrigão, a ex-atleta não se importa em acompanhar o namorado em todos os compromissos dele. No ano passado, ela foi ao estádio diversas vezes para ver o atacante jogando pelo Santo André.

Em retribuição, Rodrigão comemorou a maioria de seus gols em 2005 com um gesto típico da cestinha nos seus áureos tempos, antes da cobrança de lance livre: respiro profundo, ombros soltos e gesto de arremesso da bola.

Lesão

Em maio de 2005, o atacante sofreu uma grave lesão na mão direita. Durante uma partida contra o Ceará, pela Série B do Campeonato Brasileiro, Rodrigão levou um pisão e teve uma fratura exposta em um dos dedos da mão direita. Na primeira cirurgia, realizada em São Bernardo do Campo, foi colocada uma placa de titânio em seu braço. Porém, o local infeccionou e o jogador precisou passar por mais duas cirurgias.

Após o problema detectado na primeira cirurgia, Hortência fez questão de tomar a decisão pelo atleta e o levou para ser operado no Hospital Sírio Libanês pelo médico infectologista David Uip, um dos mais respeitados do país. Rodrigão acredita que essa contusão o prejudicou e o impediu de marcar mais gols na temporada. "A fratura acabou me deixando fora de algumas partidas. No entanto, fiz boas apresentações pelo Santo André e ajudei minha equipe", afirmou.

Até a lesão, nos primeiros cinco meses de 2005, Rodrigão marcou 11 gols. Depois das cirurgias, só anotou mais dois gols.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…