9 jan 2006 - 23h42

Procurador acha que Aloísio jogará no Atlético

O ex-jogador Bebeto, procurador do atacante Aloísio, acredita que o jogador defenderá o Atlético na temporada de 2006. A situação de Aloísio está indefinida desde que o São Paulo manifestou interesse em contar com o jogador até o final deste ano. A princípio, ele assinou um contrato de apenas três meses com o time paulista.

No final de 2005, o Atlético adquiriu os direitos contratuais de Aloísio, que pertenciam ao Rubin Kazan, da Rússia, e assinou um contrato com o jogador até o final do ano. No mesmo dia, emprestou o atleta ao São Paulo até fevereiro. Quem explica é o presidente João Augusto Fleury da Rocha, em entrevista ao site Gazeta Esportiva: “Estão falando que ele pertence ao Rubin Kazan, mas isso não procede. O Atlético adquiriu os direitos federativos do atleta e o emprestou por três meses. Esgotando-se o prazo ele tem, necessariamente, que voltar para o Atlético, pois tem vínculo até o fim de 2006. Vamos fazer de tudo para que ele cumpra o contrato”.

Segundo Fleury, o agente da FIFA Bebeto pensa que é melhor para a carreira de Aloísio o seu retorno ao Furacão. "A intenção do Bebeto, ex-jogador e procurador de Aloísio, é que ele fique no Atlético. E isso que vamos fazer prevalecer. Se ele optar por ficar no São Paulo, alguém vai ter que pagar a conta", disse o dirigente, dizendo que o São Paulo ainda não procurou o clube para depositar o valor da multa rescisória, estipulada em US$ 2 mi.

Bebeto acha que ele jogará no Atlético: "Acho difícil ele sair do Atlético. O São Paulo poderia ter contratado o Aloísio em definitivo antes, mas não quis. Agora que participou do Mundial e que três gols do time no torneio saíram dos pés dele, ele se tornou uma peça importante. Mas terão que pagar se quiser".



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Aleluia!

Pela rodada 13 do Brasileirão, no Barracão, Vitória 0 x 1 Athletico. Vindo de uma sequência horrorosa de resultados o Athletico precisava se recuperar no…