15 jan 2006 - 18h07

Atlético erra e perde para o Rio Branco

Em uma rodada terrível para os times da capital (os três perderam), o Atlético foi derrotado pelo Rio Branco por 3 a 2, no Estádio da Estradinha, em Paranaguá. Enfrentando o intenso calor de 32°C, o Rubro-Negro chegou a sair na frente, mas acabou falhando em bolas paradas e levou a virada. "Deixar cobrar escanteio na pequena área é mortal", resumiu o auxiliar Vinícius Eutrópio, fazendo referência ao modo como foram marcados os dois primeiros gols do Rio Branco. Com o resultado, o time parnanguara assumiu a liderança do Grupo A do Campeonato Paranaense 2006, com 6 pontos. O Atlético continua com 3 pontos.

No início da partida, o Atlético deu mostras de ter sentido o forte calor de Paranaguá. Sob o sol intenso, o Furacão não conseguiu se achar e o Rio Branco dominou os primeiros minutos da partida. A dupla de ataque Ratinho e Negreiros foi responsável pelas principais jogadas. Aos 10 minutos, Tiago Cardoso fez boa defesa em um chute de Negreiros, salvando o Atlético.

Mas aos 25, o Atlético foi à frente e chegou ao gol em função de uma falha da zaga. Graças a isso, o uruguaio Pezzolano ficou cara a cara com Vilson e bateu de direita, na saída do goleiro. O gol animou o Atlético, que melhorou muito no jogo. Michel Bastos, Cleverson e Cléo tiveram boas chances para ampliar, mas erraram a mira ou pararam nas defesas de Vilson. Por outro lado, Tiago Cardoso salvou o Atlético em um chute de Doriva, aos 31 minutos.

O time parnanguara chegou ao empate depois de uma cobrança de escanteio. O zagueiro Rodrigo subiu livre e cabeceou para o chão. A bola ainda chegou a tocar em Pezzolano antes de entrar. No minuto seguinte, Rodriguinho fez boa jogada e quase marcou o segundo gol atleticano, parando mais em Vilson. Aos 45, Danilo cabeceou com perigo e o goleiro do Rio Branco defendeu mais uma vez.

Virada do Rio Branco

O segundo tempo começou muito mal para o Atlético. Logo aos 30 segundos, o Rio Branco foi para cima e quase virou. Na cobrança do escanteio, não teve jeito. Em uma repetição do lance do primeiro gol, Ratinho cobrou escanteio no primeiro pau e o zagueiro Rodrigo desviou de cabeça, para a irritação dos jogadores atleticanos.

O Atlético tentou dominar as ações, mas quem teve as melhores chances foi o Rio Branco, que chegou com Amaral e Negreiros. O Furacão teve chances com Pezzolano, aos 13, Michel Bastos, cobrando falta, aos 18 e Jancarlos, aos 29. Aos 22 minutos, Vinícius Eutrópio colocou David e Jonatas em campo, tentando melhorar o rendimento da equipe.

Aos 32 minutos, Jancarlos alçou bola na área, Vilson se atrapalhou e Alan Bahia empurrou a bola para o gol, empatando o jogo. Animado, o Atlético melhorou no jogo e passou a dominar, mas não foi objetivo nos lances ofensivos. Até que, aos 40 minutos, o lateral Baiano fez uma linda jogada individual, passou pela defesa atleticana e bateu no canto de Tiago, marcando o terceiro gol do Rio Branco. Ainda houve mais nove minutos de jogo, mas o Furacão não foi capaz de empatar novamente.

Foi a primeira derrota do Atlético no ano de 2006. O time voltará a campo na próxima quarta-feira, às 20h30, na Kyocera Arena, contra o Nacional de Rolândia. Será a chance de a equipe se reabilitar. O meia Ferreira e o atacante Denis Marques estarão à disposição de Vinícius Eutrópio para esta partida.

%ficha=469%

Melhores momentos da partida

Primeiro tempo
10 min – Jancarlos falha, Ratinho fica com a bola e toca para Negreiros, que bate rasteiro. Tiago Cardoso faz boa defesa.
12 min – Jancarlos cobra escanteio e Pezzolano desvia de cabeça, mas para fora.
20 min – Michel Bastos bate falta com força, mas a bola passa à esquerda do gol.
25 min – Gol do Atlético. Cristian levantou para a área, o zagueiro do Rio Branco se atrapalhou, a bola quicou na área e o uruguaio Pezzolano chutou de direita na saída do goleiro Vilson.
30 min – Cléo rolou para Michel Bastos, que mandou uma bomba por cima da trave, com perigo.
31 min – Rio Branco ameaça e quase chega ao empate com Doriva, mas Tiago Cardoso fez uma ótima defesa à queima-roupa.
41 min – Cleverson faz boa jogada e chuta com perigo para a meta de Vilson.
43 min – Gol do Rio Branco. Na cobrança do escanteio de Ratinho, zagueiro Rodrigo sobe sozinho e cabeceia para o gol. A bola ainda desviou em Pezzolano, mas o gol é anotado para Rodrigo.
44 min – No contra-ataque atleticano, Rodriguinho manda para o gol e Vilson evita o segundo gol atleticano.
45 min – Na cobrança de escanteio de Jancarlos, Danilo cabeceia e Vilson faz ótima defesa.
46 min – Fim do primeiro tempo.

Segundo tempo
01 min – Gol do Rio Branco. Logo no primeiro lance de perigo, Ratinho cobrou escanteio fechado no primeiro pau e Rodrigo desviou de cabeça para o gol.
04 min – Amaral arrisca de longe e a bola passa raspando a trave.
09 min – Rio Branco quase marca o terceiro, mas Jancarlos desarma Amaral.
13 min – Depois de jogada de Cléo, Pezzolano chutou para fora.
18 min – Michel Bastos cobra falta com força, mas Vilson defendeu.
29 min – Jancarlos arrisca de fora da área e Vilson espalma para escanteio.
32 min – Gol do Atlético. Jancarlos cobrou falta na área, Vilson tentou defender, Alan Bahia roubou do goleiro e bateu de esquerda para o gol vazio.
40 min – Gol do Rio Branco. Baiano recebeu pela direita, invadiu a área, cortou para o meio e bateu no canto direito de Tiago Cardoso.
49 min – Fim do jogo.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…