15 jan 2006 - 19h23

Vinícius promete retorno de titulares na quarta

Um jogo em que o Atlético precisa da vitória para se recuperar no Campeonato Paranaense, além de manter as primeiras colocações no Grupo A do Estadual. É assim que a partida desta quarta-feira, contra o Nacional, está sendo avaliada por jogadores e comissão técnica do Furacão. Para este jogo, o técnico-interino Vinícius Eutrópio terá reforços importantes no setor ofensivo.

“Para quarta-feira, os jogadores estando ok eu vou utilizar todos. Tendo a liberação da diretoria e também do nosso departamento de registro, vai entrar em campo. Já jogamos duas partidas com um time misto, agora os outros jogadores têm que fazer uma seqüência de jogos também para o time estar padronizado”, afirmou Eutrópio, referindo-se ao lateral-esquerda Ivan, ao volante Erandir, aos meias Evandro e Ferreira, além do atacante Denis Marques, que não participaram dos dois primeiros compromissos do time na temporada. Outra novidade do time pode ser a estréia do atacante Rodrigão, recém-contratado pelo clube e que já está devidamente inscrito na CBF.

Se Vinícius comemora o retorno de alguns titulares, terá de esperar um pouco mais para contar com o meia Fabrício e o atacante Dagoberto. Por estarem voltando de um longo período de inatividade devido à lesões, eles terão um trabalho físico mais intenso, voltando aos campos provavelmente apenas na estréia do Atlético na Copa do Brasil, no dia 15 de fevereiro.

Nos dois primeiros jogos do ano, o técnico Vinícius Eutrópio optou por uma formação mista, atuando com o sistema defensivo considerado titular (com Danilo e Paulo André na zaga, Jancarlos e Michel Bastos nas laterais, e Alan Bahia e Cristian dando o combate no meio-campo) e o ofensivo reserva (com as ausências de Fabrício, Evandro, Ferreira e Dagoberto).



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…