24 jan 2006 - 1h43

Bar do Alemão. E Atleticano

Fale rápido: Schwarzwald. Repita! Schwarzwald. Complicado, não? Fica bem pior depois de algumas rodadas do "submarino", o chopp com uma canequinha de steinhäger. A palavra difícil é o nome do bar mais alemão de Curitiba. Sucesso desde 1979, o Schwarzwald, ou simplesmente Bar do Alemão, marcou toda uma geração. Estudantes, advogados, jornalistas, engenheiros, médicos e mais uma centena de milhares de pessoas já sentaram nas cadeiras do estabelecimento que fica no Largo da Ordem para discutir os rumos do mundo, do Brasil, do Atlético ou para um simples happy-hour. E é nesse lugar que seguimos a nossa série de reportagens sobre a influência da terra de Lothar Matthäus, o novo técnico do Atlético, em Curitiba.

As misturas de ambientes no bar são incríveis. Você pode apreciar a sua bebida na própria calçada do Largo, na entrada principal, aproveitar o andar superior ou preferir as laterais do Schwarzwald (que significa "Floresta Negra"), mais calmas e tranqüilas para conversar. A reportagem da Furacao.com visitou todos os espaços e foi unânime em escolher a calmaria para dar prosseguimento à série.

Mal nos acomodamos e já fomos bem recepcionados pelo garçom. Cardápio na mão, apontamos para o Eisben – uma porção serve duas pessoas, Lothar. Para beber, o famoso "submarino". Enfeitamos a mesa com a camisa da Alemanha e começamos a despertar a atenção de um grupo sentado ao lado. Eles perceberam que fazíamos muitas referências ao novo treinador do Atlético. Sim, Lothar. No ambiente do Bar do Alemão – Schwarzwald está ficando cada vez mais complicado de falar – você era a pauta principal. Ninguém falava dos quadros europeus pendurados na parede, da Seleção Alemã de 2002 pintada ali perto ou da beleza das mulheres curitibanas. O assunto foi você, treinador.

O "submarino" é uma das especialidades do Bar do Alemão [foto: FURACAO.COM]


Com a bandeja na mão, o garçom trouxe o Eisben. Para os brasileiros, acostumados com a feijoada, aproveitar a iguaria alemã não foi sacrifício. O joelho de porco fazia sucesso em grande parte das mesas do bar. Ele só perdeu a posição de "querido" para o chopp. Também pudera, Lothar. O Bar do Alemão tem o melhor chopp de Curitiba, de acordo com a Revista Veja, uma das mais respeitadas no país do futebol. Já o Eisben, bem temperado e com bastantes acompanhamentos, foi devorado em pouco tempo.

Fechamos a conta

Assim que nos despedimos de onde estávamos, voltamos para a entrada principal do Bar do Alemão. Lotado de clientes, a correria nos "bastidores" era nítida. Mesmo assim conseguimos conversar com o sub-gerente do Schwarzwald – ainda vai sair mais facilmente essa palavra – Vilmar Müller. "O Lothar Matthäus vai ser muito bem recebido aqui no nosso bar. Apesar de termos alguns torcedores rivais, eles vão fazer questão de dar as boas-vindas ao nosso compatriota", garantiu.

Entre tantas comidas típicas, destaque para o Eisbein [foto: SITE BAR DO ALEMÃO]


Müller também afirmou estar muito contente com a chegada de Matthäus a Curitiba. Ele não escondeu a paixão pelo Atlético. Mesmo com diversos clientes – e curiosos querendo saber quem eram aqueles malucos que invadiram o Bar do Alemão com bandeira rubro-negra e camisa da Alemanha – o sub-gerente posou para a foto e agradeceu ao site Furacao.com pela visita. Só falta você, Lothar, no Schwarzwald – no fim, saiu.

Serviço:
Schwarzwald – Bar do Alemão Curitiba
Rua Claudino dos Santos, 63 – Largo da Ordem
Telefone: (41) 3262-8244
www.bardoalemaocuritiba.com.br

Créditos:
Reportagem e edição: Marçal Justen Neto e Sérgio Tavares Filho



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…