25 jan 2006 - 1h36

Caso Dago: torcedores se reuniram com a diretoria

Um grupo de torcedores atleticanos esteve reunido na tarde desta terça-feira na Kyocera Arena com dirigentes do Atlético. O principal tema da conversa foi a questão dos contratos dos jogadores e a atuação da figura do empresário/procurador/agente no futebol brasileiro, especialmente após a Lei Pelé.

Mario Celso Petraglia, João Augusto Fleury da Rocha e Mauro Holzmann expuseram aos torcedores (representantes de torcidas organizadas, sites e outros grupos) as dificuldades para gerir o clube em virtude da interferência causada por representantes dos atletas.

Por outro lado, os torcedores rubro-negros também manifestaram aos dirigentes a apreensão de grande parte da nação atleticana com o futuro dos atletas e com o risco de o clube não ser devidamente remunerado pelos altos investimentos realizados especialmente no departamento de formação de atletas. O caso que está em maior evidência no momento é o do atacante Dagoberto, representado pela empresa Massa Sports, que tem contrato com o clube até julho de 2007.

O extrato da reunião foi comum tanto aos diretores quanto aos torcedores: a preocupação de todos quanto ao futuro dos atuais craques do clube e também de eventuais revelações, que podem vir a não se firmar no clube por conta de influências externas. Diante disso, os torcedores manifestaram sua disposição em apoiar a diretoria do Clube Atlético Paranaense em medidas que visem a mudar o panorama atual. No caso específico de Dagoberto, houve apoio unânime à proposta de renovação de seu contrato pelo tempo equivalente em que ele esteve lesionado (cerca de doze meses).



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…