25 jan 2006 - 20h34

Técnico explica substituição no intervalo

No intervalo do jogo desta tarde, em Iraty, o técnico-interino do Atlético, Vinícius Eutrópio, promoveu uma substituição no time – que até então vencia o Azulão por 2 a 1. Tirou o meia Rodriguinho para, em seu lugar, colocar o volante Erandir. A opção era aparentemente mais defensiva e, conforme Eutrópio explicou na coletiva após o jogo, tinha o objetivo de liberar o volante Cristian para o ataque.

“Eu fiz (a substituição de Rodriguinho pelo Erandir) para fechar a cabeça de área. Eu não precisava mexer no ataque, que tinha feito dois gols. A coisa estava certa, não precisava mexer só por mexer”, disse.

De acordo com o treinador, em momento algum o time mudou sua postura tática em campo, ou seja, aboliu o sistema 4-4-2. “Não mudei taticamente. Só que o Erandir tem como característica mais de segurar, enquanto o Rodriguinho e o Cristian mais de sair para o jogo. Então fixamos o Erandir para dar mais liberdade ao Cristian”, explicou.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…