26 jan 2006 - 14h51

Análise de Iraty 3 x 2 Atlético, por Priscila Pacheco

Análise de Iraty 3 x 2 Atlético
por Priscila Pacheco

O início do campeonato paranaense 2006 não é nada satisfatório ao Atlético, muito menos a nós, torcedores. Foram cinco jogos, apenas duas vitórias, duas derrotas e um empate. Média de praticamente dois gols sofridos por partida. Algo está errado com nosso time, e logicamente sabemos disso! Estamos, ou melhor, permanecemos tomando muitos gols e isto não pode ser considerado normal pelo comando técnico do Atlético.

Tiago Cardoso continua errando, é o terceiro jogo seguido em que comete erros. No jogo de ontem, ele simplesmente entregou a bola nos pés de Leandro, que apenas finalizou. Falta de experiência? Pode ser! Mas por que não dar chance ao Cléber? Um goleiro que foi titular pelo Santa Cruz na série B do campeonato brasileiro e destacou-se como melhor goleiro da temporada. O Tiago é um ótimo goleiro, não discutimos e nem negamos isso, mas está passando por uma fase não muito feliz, portanto, nada mais justo que dê lugar ao excelente Cléber.

A dupla de zaga, que teve grande destaque ano passado, mostra-se insegura. Talvez até insegurança transmitida pelo próprio goleiro, peça defensiva fundamental. O meia colombiano Ferreira vem sendo improvisado como atacante, sendo que sua função é ficar no meio de campo criando jogadas. Todos sabemos que Ferreira é meia atacante, mas não pode continuar com a responsabilidade de fazer os resultados, até porque não tem perfil de goleador.

Os laterais Jancarlos e Michel estão sobrecarregados. Quando partem para o ataque, precisam voltar para marcar. Estão precisando de liberdade, mas não possuem o apoio necessário na marcação, ficando assim, recuados. Rodrigão, ao contrário do que muitos pensam, aos poucos está adquirindo ritmo de jogo, e não pode ser considerado um grande culpado pelos gols não surgirem e os três pontos não surgirem na tabela.

A grande verdade é que Vinícius está pecando nas escalações e vem insistindo nisso. Não pode. Ontem mexeu erroneamente. Para liberar Cristian ao ataque, substituiu Rodriguinho e em seu lugar colocou Erandir. Tudo bem, o placar ainda era a nosso favor, até Michel cometer um pênalti infantil em cima de Luiz Paulo e este empatar a partida. Ao mexer novamente no time, Vinícius coloca David e tira Ferreira para deixar o time mais defensivo. Foi o que bastou para o Iraty partir para o ataque e pressionar, virando a partida num pênalti inexistente cometido por Jancarlos. No fim do jogo outra substituição, esta desesperadora, onde tirou Cristian e colocou Ricardinho. Já era tarde.

Nosso interino mostrou-se indignado com a arbitragem, entrando em campo ao final do jogo para tomar satisfação com o juiz. Não adianta culpar arbitragem e tentar desviar a atenção, pois os erros cometidos não foram apenas da arbitragem e sim de um time mal organizado taticamente.

A torcida atleticana está revoltada, irritada, e com razão! Não estamos acostumados a ver nosso Furacão nesta situação. Nosso elenco é bom, é forte, mas por que não mostram isso em campo? O torcedor precisa de respostas. O Atlético é grande, é movido por vitórias! Os torcedores merecem uma satisfação, isso é o mínimo que poderia acontecer! Nestas satisfações inclui-se o caso Dagoberto, sem dúvida. Isso está deixando a torcida extremamente chateada e muito decepcionada.

Na chegada de Lothar Matthäus, o correto e o normal seria ele encontrar um time bem organizado, mas infelizmente vai encontrar uma bagunça enorme, um time totalmente desorganizado. A primeira imagem não poderia ser essa, mas a realidade não nos motiva nem um pouco.

Próximo jogo será contra o J. Malucelli, e assim como eu, toda a massa Rubro- negra, espera encontrar um time melhor, mais consistente e um time de menos equívocos. Os mesmos problemas não podem permanecer, até porque paciência tem limite, e a nossa, chegou ao fim.

Saudações Rubro-negras!

Priscila Pacheco, 24 anos, é administradora de empresas e colaboradora da Furacao.com.

O texto acima não representa necessariamente a opinião dos integrantes da Furacao.com e sua autora se responsabiliza integralmente pelo conteúdo. Entre em contato com a autora pelo e-mail: prica_r@yahoo.com.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…