26 jan 2006 - 18h51

Pedro Oldoni renova contrato com o Atlético

O atacante Pedro Oldoni, de 20 anos, renovou seu contrato com o Atlético nesta quinta-feira por mais quatro anos. O jogador, nascido em Pato Branco, ingressou no clube em 2004, depois de ter sido aprovado em um teste no CT do Caju. Assinou contrato até março de 2006 e logo em seguida foi emprestado ao Cianorte, clube pelo qual marcou 39 gols na última temporada. Pedro foi o maior artilheiro tanto da Copa Tribuna quanto do Campeonato Paranaense de Juniores, as principais competições da categoria no estado.

De volta ao Furacão no início desta temporada, o atacante disputou a Copa São Paulo de Juniores, em sua primeira oportunidade de vestir a camisa rubro-negra. Participou dos dois primeiros jogos e marcou um gol. Ao retornar a Curitiba, foi um dos protagonistas de uma acirrada disputa entre a diretoria do clube e seus procuradores, da empresa Massa Sports.

Como o vínculo de Oldoni com o Atlético estava prestes a se expirar (março de 2006), os agentes do atleta exigiram valores considerados altos para um atleta nas suas condições. Além da alta pedida no salário, os procuradores pretendiam também que o Atlético cedesse 50% dos direitos econômicos do atleta em caso de futura negociação. O clube recusou essa proposta e se instalou uma disputa pública, envolvendo também o contrato de Dagoberto – igualmente agenciado pela Massa Sports.

Logo após o anúncio dos principais segmentos da torcida atleticana de que passariam a apoiar o clube e pedindo a renovação do contrato dos atletas, a situação de Pedro Oldoni parece ter sido solucionada. Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, procurou o jogador e sua família há alguns dias e melhorou a proposta do Atlético. Depois de alguma negociação, as partes chegaram a um meio-termo que agradou a todos e o acerto foi sacramentado no início da noite desta quinta-feira, quando o atacante assinou um novo contrato de trabalho com o Furacão – desta vez, até 2010.

Carreira

Pedro Oldoni teve um início tardio no futebol. Ao contrário da maior parte dos craques revelados no Brasil, ele não iniciou sua trajetória nas categorias inferiores. Preferiu se dedicar ao futsal na AABB e aos estudos – chegou a cursar faculdade de engenharia na PUC. Aos 17 anos, convidado por um amigo, resolveu tentar a sorte no futebol de campo e realizou testes no Atlético e no Paraná Clube.

"No Atlético eu fiz um teste para o time júnior. O Leandro (Niehues, técnico dos juniores) foi quem me aprovou", contou o atacante em entrevista à Furacao.com no final do ano passado.

Com 1,90m de altura, Pedro tem como características o bom jogo aéreo e o oportunismo na grande área. Em razão disso, as comparações com o ex-atacante atleticano Washington são inevitáveis. "Como eu sou alto, meu estilo é mais de área. Eu me espelho bastante no Washington", declarou.

Notícia atualizada em 26/01/2006, às 20h10.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…