27 jan 2006 - 10h47

Manchetes atleticanas desta sexta-feira

O Atlético já começou a contagem regressiva para a recepção ao técnico Lothar Matthäus. O novo comandante rubro-negro chega em Curitiba na segunda-feira, quando será apresentado oficialmente à imprensa mundial, e já começa a trabalhar no dia seguinte.

 

A renovação de contrato do atacante Pedro Oldoni, de 20 anos, com o Atlético, assinada ontem, pode ser o primeiro passo para a solução de um problema que vem preocupando a torcida: o caso Dagoberto.

 

O Atlético-PR não conseguiu se recuperar no Paranaense e saiu de campo derrotado pelo Iraty, nesta quarta-feira. Com os 3 a 2 sofridos, o Furacão chegou ao segundo jogo sem vitória, já que na última rodada ficou no empate de 2 a 2 com o Francisco Beltrão, em plena Arena.

 

A derrota para o Iraty, na última quarta-feira, não abalou a confiança do Atlético. Quem garante é o zagueiro Paulo André, 22 anos. “Nosso objetivo é terminar em primeiro para ter vantagens na próxima fase”, afirmou ontem o jogador. Os quatro melhores de cada grupo se classificam para as quartas-de-final do Campeonato Paranaense. Os benefícios para os times com mais pontos, porém, são relativos. Quem tem melhor campanha fica com o mando de campo no jogo de volta.

 

No Atlético, a preferência pela disputa da Copa do Brasil e a ainda aguardada chegada do técnico Lothar Matthaus servem como consolo para o torcedor, que ainda não viu o chamado grupo principal atuando no Paranaense. A expectativa por um bom desempenho na competição nacional e a possibilidade de voltar a disputar a Copa Libertadores da América em 2007 acabam por amenizar os danos imediatos.

 

O time do Atlético entrou no Estadual cantado em verso e prosa por sua diretoria como virtual campeão da competição- o presidente chegou a dizer que vencer o Paranaense é uma obrigação. Porém, assim que a bola começou a rolar, a rapaziada rubro-negra percebeu que o buraco é mais embaixo e que não vai ser tão fácil assim levantar esse caneco.

 


Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…