O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
30 jan 2006 - 16h52

Leiga observação?

Será que alguém ligado à diretoria rubro-negra, jogadores do Furacão, ou até o próprio técnico do Atlético Paranaense lêem o que os torcedores escrevem, escutam o que os comentaristas esportivos falam, se preocupam com o que é redigido nos jornais?

Será que os torcedores, que apesar de serem leigos em táticas e análise de jogos, mas que conseguem observar os mesmos problemas observados e comentados por profissionais do rádio, são escutados? Imagino que não!

Pois se observarmos os sites que oportunizam a participação escrita de torcedores, nota-se que todos batem na mesma tecla: “retranca desnecessária”, falta de vontade de alguns jogadores, falta de espírito atleticano, desorganização tática (não sou eu que estou inventando, é o povo leigo, o comentarista profissional do rádio e da tevê, os jornais escritos, os sites especializados em futebol, que expressam as suas indignações). Se uma nação atleticana inteira percebe o problema e o aponta, esperando uma rápida solução, por que então os mesmos erros ocorrem?

Ontem, no Estádio do Pinhão em São José dos Pinhais, eu presenciei um time taticamente covarde! Que outra palavra poderia utilizar para resumir um time que possui um dos melhores elencos da América, que jogou retrancado, contra um time de profissionais, mas limitado tecnicamente, taticamente e expressivamente, e que ainda para completar, nem nome de clube de futebol tem?

Mas o mais agravante, é você abrir a Gazeta do Povo, na seção de esportes, pagina 3, e encontrar no artigo com o titulo “Recuo no fim difícil de explicar”, a seguinte explicação do interino Vinícius Eutrópio: “o Atlético foi acuado em seu campo defensivo por causa da tática do adversário de levantar bolas para a área sempre que possível. Se eles tinham uma falta para frente do meio-de-campo, já mandavam os dois zagueiros para frente e levavam a bola. Não havia como deixar de voltar para fazer a marcação”, justificou”.

Tática do adversário? O técnico do J. Malucelli (Malutrom), é o Lio Evaristo! Outro detalhe, se treina no meio de semana pra que? Qual é o motivo de um time ter um jogador técnico, experiente, que coloque a bola no chão? De ter um centroavante “xarope” (chato), pra fazer pressão na saída de bola, forçando o adversário a dar chutão pra frente? Fora outras considerações, as quais o elenco rubro negro, possui as respostas.

Se aparecer explicação em e-mails que o Atlético não tem jogador no atual elenco para fazer o básico citado, infelizmente terei que ser indelicado!

É lógico que não é tão simples assim, admito! Mas tais explicações que escuto na rádio, e outros meios de comunicação, não estão convencendo ninguém. E o pior, quem vai sofrer as conseqüências é o novo técnico. Será que vão lembrar de quem deixou essa bagunça?



Últimas Notícias