1 fev 2006 - 15h37

Schumacher assina contrato com o Ascoli

O atacante Schumacher, de 19 anos, assinou contrato com o Ascoli, que disputa a primeira divisão do Campeonato Italiano. O jogador está na Itália há cerca de uma semana e realizou exames médicos e físicos. Após esta temporada, que se encerra em maio, Schumacher jogará na Udinese. O atacante foi emprestado pelo Atlético, mas no seu contrato constou uma cláusula de direito de preferência para transferência definitiva.

O Ascoli foi um dos times que mais se reforçaram nesta janela da Série A. Além de Schumacher, o clube contratou mais cinco jogadores. O Ascoli foi fundado em 1898 e é considerado um time de ambições modestas. O time está em décimo terceiro lugar do Italiano, com 23 pontos. O líder é a Juventus, que tem 59. O principal goleador da equipe é o veterano atacante Marco Ferrante, que marcou cinco gols. Luca Toni, da Fiorentina, já marcou 23 gols na atual temporada.

Recentemente, Schumacher renovou seu contrato com o Atlético até 18 de janeiro de 2010. Em sua primeira experiência internacional, jogará por empréstimo no Ascoli para ganhar experiência e, depois, seguirá para a Udinese.

Carreira

Schumacher começou no futsal do Atlético, mas passou pelas categorias de base do Paraná, Coritiba e Nacional antes de retornar ao Atlético, como juvenil. Inicialmente, foi reserva de Anderson Aquino (emprestado ao Sport nesta terça-feira), mas depois formou com ele uma bem-sucedida dupla de ataque, tanto nos juvenis quanto nos juniores.

Promovido ao time profissional em 2005, Schumacher participou de 11 partidas e marcou três gols. O mais importante foi o decisivo na vitória por 5 a 4 sobre o Cruzeiro na Kyocera Arena, aproveitando um cruzamento de escanteio aos 45 minutos do segundo tempo.

Depois de ajudar o Atlético a conquistar o bicampeonato paranaense juvenil (como artilheiro da equipe), Schumacher seria emprestado pelo clube ao Paulista, de Jundiaí. Porém, ele se recusou a assinar a prorrogação de seu contrato e o negócio se inviabilizou. Ele treinou em separado até que surgiu a proposta do futebol italiano.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…