2 fev 2006 - 0h40

Furacão está invicto há 21 jogos na Baixada

A vitória contra o Cianorte nesta quarta-feira por 4 a 3 não só foi importante para o Atlético se reaproximar da liderança do Grupo A do Campeonato Paranaense, mas como também para manter a invencibilidade da equipe na Baixada. O time não perde em casa desde maio de 2005. De lá para cá, foram 21 partidas, com 17 vitórias e quatro empates. Faltam nove jogos para o Atlético ultrapassar o feito alcançado entre 19 de junho de 2004 até 24 de abril de 2005, quando ficou 29 jogos seguidos sem perder.

Confira a atual seqüência invicta do Furacão na Kyocera Arena:

01. 01/06/05 – Atlético 3 x 2 Santos – Libertadores
02. 23/06/05 – Atlético 3 x 0 Chivas – Libertadores
03. 10/07/05 – Atlético 1 x 0 Coritiba – Brasileiro
04. 20/07/05 – Atlético 3 x 2 Fluminense – Brasileiro
05. 27/07/05 – Atlético 7 x 2 Vasco – Brasileiro
06. 03/08/05 – Atlético 1 x 0 Goiás – Brasileiro
07. 06/08/05 – Atlético 5 x 4 Cruzeiro – Brasileiro
08. 20/08/05 – Atlético 4 x 2 São Paulo – Brasileiro
09. 27/08/05 – Atlético 2 x 2 Juventude – Brasileiro
10. 07/09/05 – Atlético 3 x 3 Santos – Brasileiro
11. 22/09/05 – Atlético 2 x 0 Botafogo – Brasileiro
12. 02/10/05 – Atlético 2 x 0 Flamengo – Brasileiro
13. 11/10/05 – Atlético 4 x 0 Brasiliense – Brasileiro
14. 22/10/05 – Atlético 2 x 0 Atlético-MG – Brasileiro
15. 30/10/05 – Atlético 2 x 1 Paraná – Brasileiro
16. 06/11/05 – Atlético 4 x 0 Palmeiras – Brasileiro
17. 20/11/05 – Atlético 2 x 2 São Caetano – Brasileiro
18. 27/11/05 – Atlético 3 x 2 Paysandu – Brasileiro
19. 18/01/06 – Atlético 5 x 1 Nacional – Paranaense
20. 21/01/06 – Atlético 2 x 2 Francisco Beltrão – Paranaense
21. 01/02/06 – Atlético 4 x 3 Cianorte – Paranaense



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…