2 fev 2006 - 11h49

Manchetes atleticanas desta quinta-feira

Ufa! Foi por pouco. Depois de entrar mal escalado e em pane no primeiro tempo, o Atlético conseguiu virar um jogo que parecia perdido e passou pelo Cianorte por 4 a 3, ontem, na Kyocera Arena. Sorte do Rubro-Negro. Um empate ou derrota derrubaria o Furacão na tabela do Campeonato Paranaense e acabaria com uma invencibilidade de mais de oito meses em casa. Com os três pontos conquistados, graças ao herói Paulo André, são 21 partidas sem derrota na Baixada e a subida para a terceira colocação no estadual.

 

Ao ver o Atlético ser envolvido pelo Cianorte e chegar ao intervalo perdendo por 3 a 1, ontem, na Arena, Lothar Matthäus deve quase ter se arrependido de vir para Curitiba. Mas a virada para 4 a 3, no sufoco, mostrou que o time rubro-negro tem potencial para crescer nas mãos do ex-craque alemão.

 

O Atlético-PR conseguiu uma grande vitória contra o Cianorte, nesta quarta-feira, na Kyocera Arena, na primeira partida acompanhada pelo novo técnico da equipe, o alemão Lothar Matthäus. O Furacão chegou a estar perdendo por 3 a 1, mas conseguiu a virar para 4 a 3, no segundo tempo, e manteve a invencibilidade de 21 jogos em seu estádio. Paulo André, duas vezes, Alan Bahia e Jancarlos marcaram para o Furacão, enquanto Bruno, Ninja e Sinval fizeram para o Cianorte.

 

O Atlético passou sufoco, mas conseguiu vencer o Cianorte, por 4 a 3, ontem à noite. A partida, válida pela 7ª rodada do Campeonato Paranaense, foi assistida pelo técnico Lothar Matthäus, que deve assumir hoje o comando da equipe. Com o resultado, a equipe permaneceu na quarta colocação do Grupo A da competição e manteve a invencibilidade de 21 jogos na Arena.

 

O Atlético demonstrou vontade dentro de campo, corrigiu seus erros do primeiro tempo e venceu o Cianorte por 4 a 3 de virada, após perder por dois gols de diferença no primeiro tempo. A diferença dentro de campo foi feita pelo zagueiro Paulo André, autor de dois gols e que mostrou personalidade na virada do Furacão.

 


Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…