10 fev 2006 - 9h12

Dagoberto acena com possibilidade de renovação

O atacante Dagoberto retornou aos gramados no jogo contra o Galo Maringá, no início deste mês. Seu afastamento das partidas era o argumento adotado pelos seus procuradores para evitar tratar do assunto renovação de contrato.

O caso é complexo, mas pode ser explicado brevemente da seguinte forma: Dagoberto tem contrato com o Atlético até julho de 2007; pela legislação brasileira, o valor da multa contratual sofre um abatimento de 80% em relação ao seu valor original a partir dos últimos doze meses. Isso significa que existe o risco de o jogador rescindir unilateralmente seu contrato com o Atlético daqui a quatro meses, pagando por isso uma multa irrisória em relação ao seu futebol de alta qualidade.

A preocupação da torcida e da própria diretoria foi manifestada há alguns dias e deflagrou uma disputa pública com os responsáveis pela empresa Massa Sports, que agencia a carreira de Dagoberto. Procurando-se manter afastado da "linha de tiro", Dagoberto declarou que só aceitaria tratar da renovação depois que voltasse aos gramados e confirmasse sua qualidade, principalmente depois das graves lesões sofridas.

Com sua plena aptidão para a prática desportiva confirmada, aumentam as chances de renovação do contrato. “Nós queremos valorizar o futebol paranaense e queremos que ele renove o mais rápido possível”, afirmou Marcos Malaquias, um dos sócios da Massa, em entrevista ao repórter Rodrigo Sell, do Estado do Paraná/Tribuna do Paraná. Malaquias disse que a empresa está aguardando uma proposta do Atlético para iniciar as negociações. A assessoria de imprensa do Atlético disse que não há novidade no caso.

No Fórum da Furacao.com, surgiu nesta quinta-feira a notícia de que Dagoberto renovará seu contrato com o Atlético na próxima semana por mais um ano, período em que ficou parado devido a uma lesão de ruptura de ligamentos do joelho. A informação não é confirmada, mas é bom lembrar que o Fórum do site tornou-se reconhecido por antecipar diversas notícias relativas ao Atlético.

De todo modo, existem indícios de que a renovaçao pode ocorrer nos próximos dias. A Massa Sports também é responsável pela carreira do atacante Pedro Oldoni, cujo contrato com o Atlético venceria em março e foi renovado até 2010. A empresa detém ainda 80% dos direitos econômicos do atacante Keirrison, do Coritiba. A Gazeta do Povo noticiou nesta sexta-feira que a Massa intermediou a renovação do contrato do jogador até o final de 2011. Diante desses fatos, a recusa de renovação do contrato de Dagoberto causaria certo espanto na torcida atleticana.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…