12 fev 2006 - 18h11

Atlético supera o Nacional

A primeira partida fora de Curitiba comandada pelo técnico Lothar Matthäus manteve o 100% de aproveitamento do comandante alemão e fez com que o Atlético permanecesse na liderança do Grupo A, com 20 pontos, seis vitórias, dois empates e duas derrotas. O triunfo desta vez foi num dos principais redutos da imigração alemã no estado, onde a equipe do Nacional de Rolândia foi derrotada pelo placar de 2 a 1.

Além disso, Dagoberto voltou a balançar as redes para o Furacão, já que a última vez havia sido no jogo contra o Fortaleza, em outubro, pelo Campeonato brasileiro do ano passado. Já as surpresas envolvendo a partida começaram pouco antes do apito inicial do árbitro Sandro Schmidt. Lothar Matthäus promoveu três mudanças na equipe: Tiago Cardoso voltou ao gol no lugar de Cléber, Bruno Lança entrou na lateral-direita e Ferreira voltou ao meio-campo. Além disso, Moreno e Cristian foram escalados nos lugares dos suspensos Michel Bastos e Alan Bahia. Antes do início do jogo, o treinador atleticano ainda foi homenageado pela Prefeitura de Rolândia, recebendo uma placa do prefeito da cidade e de lideranças políticas.

Dentro de campo, quem teve a primeira ação ofensiva foi o Nacional. Aos dois minutos, Danilo afastou cruzamento perigoso e jogou a bola pra escanteio. Na cobrança, Tiago Cardoso fez boa defesa. A resposta atleticana veio com o meia colombiano Ferreira, que sofreu falta na direita. Moreno fez a cobrança e Danilo tentou o cabeceio. Aos sete minutos, Dagoberto fez boa jogada, deu um chapéu em Gil e foi empurrado. Em seguida, o atacante foi derrubado pelo volante do Nacional ao invadir a área, mas o árbitro Sandro Schmidt não marcou o pênalti.

Tocando a bola com rapidez, a superioridade técnica do Atlético começou a aparecer. Aos 14 minutos, Bruno Lança, Cléo e Simão trocaram passes com toques de cabeça e a bola quase sobrou para Bruno abrir o placar a favor do Atlético. Já o Nacional pouco oferecia perigo. Aos 22, Juninho cabeceou sozinho e a bola passou perto do gol de Tiago Cardoso. O gol atleticano saiu aos 37 minutos de jogo e de bola parada, já que o time pouco criava e errava muitos passes. Cristian cobrou falta de longa distância, a bola tocou na cabeça do zagueiro do Nacional e enganou o goleiro Odair. Nos minutos finais do primeiro tempo, mais um pênalti não foi marcado pelo árbitro, após João Renato derrubar Bruno Lança na área.

Gol marcado, gol tomado e expulsão

Na etapa final, o Atlético voltou com mais movimentação e aos dois minutos, Cléo dominou, driblou um zagueiro do Nacional e cruzou para Dagoberto fazer o segundo gol atleticano. Em seguida, Magrão foi segurado por Dagoberto e reagiu com uma cotovelada, sendo expulso de campo.

Mesmo com a vantagem numérica, o Atlético demorou a oferecer perigo. Aos 20 minutos, em rápido contra-ataque, Cléo tocou para Denis Marques, que rolou para Dagoberto. Ele tocou de letra para Cléo, mas acabou perdendo a bola. Minutos depois, Dagoberto invadiu a área, driblou João Renato duas vezes e chutou rasteiro, mas o goleiro Odair defendeu. No rebote, Dagoberto partiu para buscar a bola, João Renato segurou a perna do atacante com a mão direita e cometeu o pênalti, agora sim, assinalado pelo árbitro. Porém, na cobrança, Dagoberto chutou a bola na trave direita do gol defendido por Odair.

Uma nova penalidade aconteceu aos 29 minutos, quando Danilo fez falta em Wellington. Na cobrança, Igor cobrou no canto esquerdo de Tiago Cardoso, que saltou para a direita. O gol animou o Nacional, que partiu para cima em busca do empate, mas o Furacão segurou o placar e ainda perdeu boas chances. Aos 33, Evandro cruzou da direita e Denis Marques, na risca da pequena área, chutou em cima do goleiro Odair.

Com a liderança assegurada, o Atlético enfrentará o Francisco Beltrão, no Estádio Anilado, no domingo. Antes, a equipe estréia na Copa do Brasil diante do Moto Clube, na quarta-feira, em São Luiz do Maranhão.

%ficha=477%

Melhores momentos da partida

Primeiro tempo

01 min – Bruno Lança tenta lançamento na pequena área, sem sucesso
02 min – Danilo afasta cruzamento perigoso e joga a bola pra escanteio. Na cobrança, jogador do Nacional tenta cabeçada e Tiago faz boa defesa
03 min – Ferreira sofre falta na direita, Moreno cobra e Danilo tenta o cabeceio
05 min – Igor faz boa jogada pela esquerda, toca para Agnaldo e Tiago Cardoso defende
06 min – Danilo tenta lançar Cléo, mas bola corre demais
07 min – Dagoberto faz boa jogada, dá um chapéu em Gil e é empurrado. O jogador é derrubado pelo volante do Nacional ao invadir a área. O árbitro Sandro Schmidt não marcou o pênalti e ainda advertiu verbalmente o jogador atleticano
09 min – Cristian recebe cartão amarelo. Antes, Danilo sofre falta dura de Igor e o árbitro não assinala nada
11 min – Moreno faz cobrança de falta, zaga do Nacional afasta
11 min – Montemor tenta de longe, mas a bola passa por cima do gol
13 min – Bruno levanta bola na área, Lucas joga a bola para escanteio. Na cobrança, João Renato afasta
14 min – Bruno Lança, Cléo e Simão fazem linha de passes com toques de cabeça e a bola quase sobra para Bruno abrir o placar
17 min – Gil tenta de longe, sem sucesso
18 min – Moreno cobra falta, goleiro dá um toque na bola e impede Danilo de cabecear
20 min – Simão faz falta em Magrão. Na cobrança, Agnaldo chuta na barreira
22 min – Juninho cabeceia sozinho e a bola passa perto do gol de Tiago Cardoso
24 min – Cléo aproveita cruzamento, mas cabeceia para fora
25 min – Moreno cruza da esquerda e Cléo não aproveita
26 min – Anderson faz falta em Dagoberto impedindo a jogada e não recebe cartão amarelo. Simão aproveita a sobra e a bola é desviada. Neste lance, o goleiro Odair dá um tapa na cara de Cléo e o árbitro não vê
31 min – Anderson recebe cartão amarelo após falta em Dagoberto
33 min – Ferreira toca para Bruno Lança, que faz o cruzamento, mas o goleiro defende
37 min – Gol do Atlético. Cristian cobra falta de longa distância, a bola toca na cabeça do zagueiro do Nacional e engana o goleiro
41 min – Dagoberto tenta aproveitar cruzamento, mas é interceptado
42 min – Lucas cobra falta pela esquerda, mas a zaga atleticana afasta
44 min – Bruno Lança é derrubado por João Renato na área, mas o árbitro não marca o pênalti. Na seqüência, Dagoberto cobra escanteio e o árbitro assinala falta de ataque de Cléo, que não existiu
46 min – Juninho tenta chuta de forte de fora da área e a bola passa longe do gol
46 min – Cristian aproveita rebote, bola espirra em Dagoberto e sobe demais
47 min – Fim do primeiro tempo

Segundo tempo
01 min – Igor cobra falta e zaga atleticana afasta
02 min – Igor bate cruzado, mas sem perigo para Tiago Cardoso
02 min – Gol do Atlético. Cléo domina, dribla zagueiro do Nacional e cruza para Dagoberto fazer o gol
04 min – Magrão é segurado por Dagoberto, dá cotovelada no atacante e é expulso. Dagoberto recebe o cartão amarelo
07 min – Cléo puxa contra-ataque, que chuta em cima do goleiro
14 min – Ferreira sai para a entrada de Denis Marques
15 min – Bruno Lança toca para Cristian, que faz o cruzamento e a zaga joga a bola para escanteio
20 min – Em rápido contra-ataque, Cléo toca para Denis Marques, que rola para Dagoberto. Ele toca de letra para Cléo, que perde a bola
24 min – Dagoberto invade a área, dribla João Renato duas vezes e chuta rasteiro, mas o goleiro Odair defende. No rebote, Dagoberto parte para a buscar a bola, mas João Renato segura a perna do atacante com a mão direita, comete o pênalti e recebe cartão amarelo
26 min – Simão sai para a entrada de Evandro
27 min – Dagoberto cobra o pênalti na trave direita do gol defendido por Odair
30 min – Gol do Nacional. Danilo faz pênalti em Wellington. Na cobrança, Igor cobra no canto esquerdo de Tiago Cardoso, que saltou para a direita
33 min – Dagoberto chuta de fora da área, mas a bola vai por cima
33 min – Evandro cruza da direita e Denis Marques, na risca da pequena área, chuta em cima do goleiro Odair e perde ótima chance
35 min – Igor cobra falta e a zaga atleticana afasta
37 min – No contra-ataque, Dagoberto cruza para Denis Marques, mas a zaga afasta. Igor recebe o cartão amarelo
39 min – Cléo sai para a entrada de Selmir
40 min – Igor cobra falta, a bola bate na barreira e vai pra escanteio. Na seqüência, Igor chuta e Tiago Cardoso defende
41 min – Bruno cruza e Selmir cabeceia para fora
48 min – Selmir lança Denis Marques, que bate cruzado rente à trave
49 min – Fim de jogo.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…