12 fev 2006 - 19h03

Dagoberto voltou a marcar depois de quatro meses

O atacante Dagoberto está quebrando marcas a cada partida. Na rodada passada, contra o Rio Branco, ele participou integralmente da partida, algo que não acontecia desde o ano passado. Neste domingo, diante do Nacional em Rolândia, o jogador atleticano voltou a marcar um gol, seu primeiro na temporada 2006. O último gol de Dagoberto havia acontecido no jogo contra o Fortaleza, no dia 5 de outubro de 2005, contra o Fortaleza.

Depois disso, Dagoberto chegou a acertar vários chutes na trave dos adversários, mas o gol insistia em não sair. Neste domingo, ele aproveitou uma boa jogada de Cléo e só completou para o fundo da rede do goleiro Odair, marcando o segundo gol da vitória rubro-negra sobre o Nacional por 2 a 1.

Na comemoração, Dagoberto levou Cléo para perto da torcida atleticana e ouviu a tradicional música em sua homenagem: “Daaaaago! Dago, Dago, Dago, Dago, é Dagoberto!”.

Dago ainda teve a chance de marcar mais um gol, mas desperdiçou uma cobrança de pênalti. Derrubado na área pelo zagueiro João Renato, o próprio Dagoberto pediu para cobrar a penalidade máxima. Na cobrança, a bola acertou a trave direita de Odair e não entrou. Mesmo com o pênalti perdido, a torcida atleticana presente no Estádio Erick Georg aplaudiu o lance.

“Foi uma infelicidade perder o pênalti, mas temos que valorizar muito o resultado. A equipe vem apresentando evolução a cada jogo”, disse. Sobre seu rendimento, Dago afirmou que aos poucos vem retomando a forma física, depois de um longo tempo afastado dos gramados, entregue ao Departamento Médico. Esta foi apenas a terceira partida do atacante na temporada 2006.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…