15 fev 2006 - 1h21

Furacão volta à Copa do Brasil

Depois de três anos longe da competição, o Atlético estréia nesta quarta-feira, às 22h, na Copa do Brasil. A última participação do Furacão havia sido em 2003, quando foi eliminado na segunda fase pelo Sport. Em 2004, o time não conseguiu classificação, já que foi eliminado nas quartas-de-final do Campeonato Paranaense. E, no ano passado, por disputar a Libertadores, o Rubro-Negro não pôde disputar a competição.

Esta é a décima participação do Atlético na história da Copa do Brasil, competição que começou a ser disputada em 1989, substituindo a Taça Brasil, extinta 21 anos antes. A copa surgiu em formato eliminatório, reunindo os campeões estaduais e os vices dos estados mais representativos. Mais tarde, o número de participantes foi expandido. Até hoje, a Copa do Brasil é vista pelos clubes como o caminho mais curto para a Copa Libertadores da América.

O Atlético participou da competição em 1989, 1991, 1992, 1996, 1997, 1999, 2000, 2001, 2003 e 2006. As melhores campanhas do Rubro-Negro foram nos anos de 1992, 1997, 1999 e 2001, quando foi eliminado nas quartas-de-final.

O mapa da Copa

Seis confrontos em jogos eliminatórios e, caso vença, vaga garantida na Libertadores 2007. Esse é o resumo da Copa do Brasil. Para o Atlético poder voltar a disputar a Libertadores, competição em que foi vice-campeão no ano passado, o mapa da Copa do Brasil prevê o seguinte caminho:

O primeiro adversário do Atlético na competição é o Moto Club, vice-campeão maranhense em 2005. Para passar direto de fase, o Furacão precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença o jogo desta quarta-feira. Outro resultado leva a decisão da vaga para a Kyocera Arena, na próxima semana, dia 22.

Se conseguir eliminar o Moto, o Rubro-Negro enfrenta na segunda fase o vencedor de Volta Redonda e América-MG. O Volta Redonda é o atual vice-campeão carioca enquanto o América conquistou o título da Taça MG, que também garante uma vaga na competição.

Caso chegue às oitavas-de-final, o Atlético enfrentará o vencedor dos confrontos entre Grêmio e Piauí e Noroeste e 15 de Novembro de Campo Bom. Já para as quartas-de-final, o adversário será Vasco, Botafogo da Paraíba, Iraty, Ulbra, São Caetano, Cabofriense, Criciúma ou Novo Hamburgo.

Finalmente, os candidatos a uma possível semifinal contra o Atlético são os seguintes times: Fluminense, Operário-MT, Treze, CENE, Paysandu, Colinas, Vila Nova, Grêmio Coariense, Cruzeiro, Nacional de Manaus, CRB, São José, Santa Cruz, Vila Aurora, Vitória e Imperatriz.

A estréia

O primeiro passo do Atlético na Copa do Brasil 2006 será dado nesta quarta-feira. Jogando no Maranhão, contra o Moto Club, o Furacão tentará comprovar o favoritismo e obter confiança para a seqüência da competição. Será a estréia do técnico Lothar Matthäus em uma competição nacional no Brasil. A equipe terá os retornos de Jancarlos, Michel Bastos e Alan Bahia, que não participaram do último jogo, pelo Paranaense. Porém, o maior destaque continua sendo o atacante Dagoberto.

Copa do Brasil – (15/02/06) – Moto Club x Atlético
L: Nhozinho Santos; H: 22h; A: João José Leitão (PI); T: Banda B (AM 550).

MOTO: Marabá; Careca, Jefferson, Givanildo e Alexandre; Valtinho, Deco, Diná e Válber; Juninho e Gabriel. T: Sandow Feques.

ATLÉTICO: Tiago Cardoso; Jancarlos, Danilo, Paulo André, Erandir e Michel Bastos; Alan Bahia, Simão e Ferreira; Dagoberto e Cléo. T: Lothar Matthäus.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…