15 fev 2006 - 11h41

Goiás vence em estádio com arquibancadas metálicas

O Goiás jogou nesta terça-feira à noite no Chile pela Copa Libertadores da América e venceu o Unión Española, em partida disputada na cidade de Santiago. O time goiano venceu por 2 a 0, com gol do ex-atleticano Fabiano.

O fato curioso é que o estádio que abrigou a partida é quase que completamente formado por arquibancadas metálicas. Em 2005, quando o Atlético chegou à final da competição, a Confederação Sul-Americana de Futebol não autorizou a realização da partida na Kyocera Arena sob a justificativa de que não era permitido o uso de arquibancadas metálicas.

Na ocasião, o clube instalou as arquibancadas tubulares atingir a capacidade mínima de 40 mil lugares, exigida pelo regulamento.

Precedentes

Na primeira fase da Libertadores 2005, o Santo André também realizou jogos em estádio cujas arquibancadas eram móveis. O Estádio Ramalhão teve um acréscimo de 5.300 lugares com a instalação das arquibancadas provisórias (para a primeira fase, a exigência da entidade era de um mínimo de 20 mil lugares). A Conmebol fez vistorias e aprovou o estádio, sem maiores problemas.

Porém, a Confederação Sul-Americana se recusou a vistoriar a Baixada antes da final do ano passado e determinou que a primeira partida da decisão deveria ser realizada no Estádio Beira-Rio, no estado do Rio Grande do Sul.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Aleluia!

Pela rodada 13 do Brasileirão, no Barracão, Vitória 0 x 1 Athletico. Vindo de uma sequência horrorosa de resultados o Athletico precisava se recuperar no…