16 fev 2006 - 0h06

Bastaram 8 minutos para garantir a classificação

O Atlético precisou de oito minutos para se classificar à segunda fase da Copa do Brasil. Demonstrando muita vontade, o Furacão atropelou o Moto Clube e, logo no início do jogo, conseguiu a vantagem de dois gols de diferença suficiente para garantir a classificação. Logo aos 5 minutos, Dagoberto cobrou falta e abriu o marcador. Três minutos depois, o zagueiro Paulo André ampliou e liquidou a fatura. Desde esse momento até o final do jogo, o Atlético sempre esteve com a classificação assegurada.

Aos 31, Ferreira marcou o terceiro gol atleticano e deixou o time mais tranqüilo. No segundo tempo, o Rubro-Negro paranaens diminuiu o ritmo e o Rubro-Negro maranhense aproveitou os espaços. O time da casa descontou aos 38 e ensaiou uma pressão no final, mas o Atlético não sofreu mais riscos. Final de jogo: Moto 1 x 3 Atlético.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Tá ruim mas tá bom

Pela repescagem (ou playoff) da Sul-Americana, no Paraguai, Cerro Porteño 1 x 1 Athletico. No segundo jogo de Martin Varini no comando técnico do Athletico,…