O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
16 fev 2006 - 16h08

Respeitem o futebol e a cultura paranaense

Expressar a opinião sobre um assunto, nem sempre é tão simples. Pois a forma de receptividade do que redigimos, é sempre um mistério. Quando não sofremos criticas, sejam elas boas ou ruins, ficamos decepcionados, e pensamos: será que alguém leu, será que tava tão ruim o que foi escrito a ponto de nem haver critica?

Porém ando contente com o que estou lendo nesta coluna e em outras! Pois até que enfim as pessoas começam a observar o mesmo norte que há muito venho batendo.

A coluna do Pedro Ercole, intitulada Boicote, demonstra que o torcedor paranaense já não está aceitando o que a televisão está empurrando (furacão.com). Carneiro Neto em uma de suas brilhantes colunas (Gazeta do Povo) também enfatizou o assunto, a mídia esportiva paranaense (Banda B, Grande Rezenha Esportiva Paraná, Rádio Clube, CBN) também está fechando o cerco! Helton Gabardo foi perfeito também em sua coluna (rubronegro.net).

Quanto à transmissão do Paranaense 2006, fico contente que é a CNT que transmite, pois esta emissora não se limita a levar as imagens apenas às cidades paranaenses, mas as distribui para todo o território nacional e via satélite, para o mundo. Se fosse a TV Paranaense, ficaria restrita apenas aos limites territoriais paranaense.

Quanto à transmissão de jogos alienígenas em nosso território, gostaria de expressar que este ato não é apenas um desrespeito ao torcedor do Estado, mas uma afronta a cultura local! Seria fácil resolver legalmente isto, basta o Presidente da Assembléia Legislativa do Paraná ou o próprio Governador, solicitar junto a união, a delegação para legislar sobre a lei de proteção cultural que define a cota de programação local, regional e internacional nas redes de rádio e televisão. Porém, duvido que isto aconteça, pois a própria televisão do Estado transmite jogos da 2ª. divisão paulista!

A quem devemos recorrer, então? Eu amo meu Atlético, e o que ele representa. Eu amo meu Estado, sua cultura. Repudio toda e qualquer forma de manipulação em massa, que tentam impor ao povo leigo.

O futebol é apaixonante por isto, ele se envolve com tudo!



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…