18 fev 2006 - 14h23

Com dores no joelho, Fabrício é cortado da delegação

Parecia que o retorno de Fabrício aos gramados depois de seis meses estava próximo. O jogador até havia sido relacionado para a partida deste domingo, contra o Francisco Beltrão. Mas, no último teste antes da viagem, na tarde de sexta-feira, novamente as dores no joelho adiaram o retorno do meia.

“Eu me sinto inseguro. Por isso preferi adiar a minha estréia. Tenho que ter paciência para ficar totalmente liberado”, afirmou o jogador, em entrevista à Gazeta do Povo.

O jogador não atua em uma partida oficial desde o dia 20 de agosto de 2005, no jogo entre Atlético e São Paulo, na Kyocera Arena, válida pelo Campeonato Brasileiro. Naquela partida, logo aos 10 minutos do 1º tempo, uma entrada violenta do zagueiro são-paulino Alex iniciou o longo período fora dos gramados do meia rubro-negro. Na dividida, Fabrício acabou tendo uma lesão no ligamento do joelho esquerdo, sendo necessária uma intervenção cirúrgica. De lá para cá a rotina do jogador tem sido sessões de fisioterapia, treinos físicos e, a apenas duas semanas, ele voltou a treinar com bola.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…