19 fev 2006 - 18h00

Dagoberto teve torcida especial no jogo

A torcida atleticana na tarde deste domingo no Estádio Anilado teve um reforço especial. Foram os familiares do atacante Dagoberto, que foram prestigiar o jogo e torcer para o jogador e para o Furacão. Esta foi a primeira vez que Dago pôde atuar em uma partida pelo profissional tão perto de casa. O jogador é natural de Dois Vizinhos e criado em Enéas Marques, cidades próximas a Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná.

A torcida particular parece ter dado sorte ao craque atleticano. Em tarde inspirada, Dago teve participação em cinco dos seis gols do Atlético na partida. No primeiro tempo, aos 3 minutos, ele deu o passe para Paulo André abrir o placar. Na etapa final, mais Dagoshow em ação. Aos 3 minutos, ele cobrou a falta e Selmir concluiu para o gol. Aos 18, de pênalti, Dago fez o dele, o terceiro do Furacão na partida. Aos 22 minutos, depois de excelente jogada de Dagoberto, o zagueiro Erandir mandou a bola para o fundo das redes. E aos 44 minutos, ele fez outra bela jogada pela esquerda e só tocou para Denis Marques fechar a goleada por 6 a 0.

O gol que marcou na tarde de hoje foi o terceiro de Dagoberto na temporada 2006. Antes, ele já havia marcado na partida contra o Nacional e também no jogo da Copa do Brasil, contra o Moto Club.

Na saída de campo, Dagoberto foi reverenciado pela torcida, que gritou a famosa música que dita o ritmo das jogadas do craque atleticano: “Daaaago! Dago, Dago, Dago, Dago. É Dagoberto!”. E retribuiu o carinho. “Isso é gostoso, todo esse carinho é uma retribuição pelo que faço em campo. É bom jogar com a presença da minha família e a vitória é para eles”, disse o jogador.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…